Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Pesquisa pode levar à criação de novas vacinas

14 março 2011 - 12h00

Catalisador do processo imunológico de diversas vacinas, o alume (ou sulfato duplo de alumínio e potássio) teve sua interação com as células humanas considerada um pequeno mistério científico por anos. Mas um recente estudo conduzido por uma equipe da University of Calgary´s Faculty of Medicine, no Canadá, descobriu exatamente como a substância funciona e interage no organismo após a vacinação. Publicado no periódico científico Nature Medicine, o achado pretende melhorar a maneira como as vacinas são produzidas, além de abrir possibilidades para a criação de outras mais eficientes contra aids e tuberculose.

“Entender as propriedades do alume é de vital importância para a criação de novas vacinas. Esse era o único caminho pelo qual poderíamos entender como as vacinas já criadas funcionam e como aperfeiçoar esse mecanismo para doenças ainda sem prevenção”, diz Yan Shi, um dos membros da equipe de pesquisadores.

Ação - O alume é uma das substâncias presentes na vacina mais eficiente em induzir uma resposta do anticorpo, além de ser o único adjuvante (medicamento que, ministrado com um outro, reforça a ação do primeiro) aprovado para vacinas e usado em larga escala. A substância é usada há mais de 90 anos e está presente em quase todas as vacinas que recebemos desde crianças.

“O que descobrimos nesse estudo pode nos ajudar a manipular o alume com um adjuvante adicional, por exemplo, para atacar doenças maiores, como o HIV, a tuberculose e a malária”, diz Tracy Flach, coordenadora da pesquisa. De acordo com a cientista, o alume interage diretamente com um grupo de células imunológicas chamadas dendríticas. Essas células, consideradas as sentinelas do corpo, ativam um grupo de células T, que controlam a produção de anticorpos, assim que interagem com o alume. É essa interação que, agora, a equipe de Tracy pretende estudar para o desenvolvimento de novas vacinas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASÍLIA
Secretário Mario Frias é submetido a cateterismo de emergência
TRÊS LAGOAS
Homem que matou cantor a tiros em tabacaria é condenado a 46 anos
BRASIL
Câmara aprova projeto que pode restringir atuação da oposição
Homem contrai dívida de R$ 32 mil ao fazer portabilidade de empréstimo
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
BENEFÍCIO
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
POLÍCIA
Condutor de lancha envolvida em acidente com morte presta depoimento
EDUCAÇÃO
Metas do Inep para o ano não incluem aplicação do Enem 2021
IVINHEMA
Três dias depois de ser envenenada pela mãe, criança recebe alta
FERIADO
Comarca de Angélica não terá expediente amanhã e sexta-feira
SIDROLÂNDIA
Polícia apreende seis toneladas de maconha que iria para Minas Gerais

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados