Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Penitenciária federal de Mossoró receberá presos no início de 2010

24 dezembro 2009 - 14h43

A penitenciária federal de Mossoró deverá receber os primeiros presos no início de 2010. A previsão é do Sistema Penitenciário Federal (SPF), do Ministério da Justiça. A informações foi publicada em uma matéria postada no site do Ministério nesta quinta-feira (24).

A matéria cita que o SPF comemorou três anos de atividade em 2009. As unidades de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO) estão em pleno funcionamento. "Já o presídio de Mossoró (RN) receberá os primeiros presos no início de 2010", diz o texto. Atualmente o SPF custodia 343 presos e, até janeiro, esse número poderá chegar a 457.

Criado em 2006, o SPF é uma iniciativa do Governo Federal para apoiar os estados no combate ao crime organizado. Desde a criação do SPF os estados solicitaram, aproximadamente, 1200 vagas para a transferência de presos. Alguns pedidos ainda estão em análise no Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e por juizes federais e estaduais de execução penal.
 
Dados do Ministério da Justiça indicam que após o SPF houve uma redução em mais de 80% nos eventos críticos nos estados como rebeliões e motins.

O diretor do SPF, Wilson Salles Damázio, acredita que os presídios federais de segurança máxima foram fundamentais para o controle do crime organizado no país e somou esforços nas ações de prevenção do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). “A expertise desenvolvida pelo SPF tem contribuído, ainda, com apoio na área de inteligência, fazendo varredura em várias unidades estaduais, a fim de detectar aparelhos celulares e de coibir outras práticas que permitem que criminosos continuem atuando dentro dos presídios”.
 
Como exemplo do trabalho de agentes do SPF nos estados, Damázio citou um caso no Espírito Santo em que foram localizados os de comunicação utilizados num caso de seqüestro e resolveram o caso.

Treinamento
Em busca de aprimorar os serviços de segurança dos presídios federais, o Depen promoveu concurso público no início do ano para 650 novos servidores. São agentes penitenciários e especialistas em assistência penitenciária. Metade já tomou posse e a outra metade deve assumir até o início de 2010. Eles serão responsáveis pelas unidades federais que estão em quatro estados do país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DE TRABALHO
Quase 7 mil postos de trabalho são fechados somente em abril em Mato Grosso do Sul
POLÍTICA
TJ absolve ex-deputado estadual em caso de “servidora fantasma”
MATO GROSSO DO SUL
Beneficiários são notificados por abandono, locação e cedência de unidades habitacionais
DOURADOS
Plano de saúde é condenado por não fornecer medicamento a gestante
LEGISLATIVO
Isenção de ICMS sobre subvenção tarifária é validada pela AL
BATAGUASSU
Homem é preso por furtar GPS de veículo oficial
ECONOMIA
Auxílio emergencial com valor menor pode custar R$ 17 bi por mês
DOURADOS
Audiências de prestação de contas do município acontece nesta sexta-feira
JUSTIÇA E SAÚDE
Revogada portaria com punições a quem descumpria quarentena
EFEITO COVID-19
Consultas para tratamento do câncer diminuem 30% em hospital de Campo Grande

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher