Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

PDT não pode ter destino "atrelado" ao PT

22 dezembro 2003 - 14h35

O senador Juvêncio da Fonseca (PDT) disse há pouco, na FM Cidade, que o presidente regional pedetista, João Leite Schimidt, vem colocando de forma apropriadas as pretensões do partido de se colocar como alternativa de poder ao PT. "Não há partido que não tenha essa pretensão. O objetivo de qualquer peratido é buscar o Poder", afirmou.Para ele, não há problema de conciliar essa pretensão de poder com a integração à base de apoio político do governador Zeca do PT. "Acho que não tem problema. Não pode é ficar na base e se amarrar no destino eleitoral. Base de sustentação continua, na medida do possível caminha-se junto. Mas em Campo Grande o PDT tem projeto para prefeitura e o PT também", declarou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACORDOS
MPT/MS repassa R$ 75 mil em recursos trabalhistas para a Covid-19
RESTRIÇÃO
Brasil proíbe entrada de estrangeiros no País em voos internacionais
CAPITAL
“Ninguém entra”: presos barram entrada de agentes em cela de presídio
HU
Ebserh contratará 6 mil profissionais para o enfrentamento ao Covid-19
POLÍCIA
Caminhonete conregistro de roubo é recuperada pela PRF em Naviraí
SAÚDE
Hospital Regional de Ponta Porã instala estrutura para pacientes com dengue
NOVA ANDRADINA
Trabalhador é resgatado após cair em fossa em construção de 9 metros
BALANÇO
MPT recebe 2.400 denúncias de violações trabalhistas relacionadas à Covid-19
"Urbi et Orbi"
Em ato inédito, Papa Francisco reza sozinho e concede perdão coletivo
UEMS
Abertas inscrições para seleção de professores formadores e tutores

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados