Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Paulo Bernardo pede e André libera Lourenço para Ibama

28 março 2008 - 15h18

Foi preciso a garantia de intervenção de um peso pesado do governo federal para que o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), aceitasse a liberação do engenheiro agrônomo David Lourenço para comandandar a superintendência do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis) no Estado. O governador teve assegurado, hoje, que será feito uma solicitação oficial pelo ministro Paulo Bernando (do Planejamento) para que Lourenço, funcionário da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), assuma a superintendência do Ibama e, diante disso, disse que acatará o pedido.

A informação foi dada pelo deputado estadual, Paulo Duarte, que vinha intermediando uma solução ao impasse, causado pela irritação do governador em ver nomeado para o órgão um nome sobre o qual não foi consultado e que não era o seu preferido. Como David é funcionário público estadual, estabeleceu-se o problema para que assumisse a função, uma vez que o acúmulo de funções públicas é proibido.

Ligado ao PT, ele foi nomeado para o Ibama no Estado no dia 22 de fevereiro, substituindo a Nereu Fontes, que estava no cargo há cinco anos, e também é petista. Mas não assumiu porque a cedência para o governo federal havia sido revogada. Para anular a decisão, o governador André Puccinelli se utilizou de uma edição extra do Diário Oficial, num sábado, um dia depois da nomeação de Lourenço.
Como alternativa para poder assumir o cargo, Lourenço entrou com pedido de licença não remunerada por três anos. Ontem, o governador declarou que esse pedido também seria vetado. Hoje, em conversa por telefone com o deputado Paulo Duarte, admitiu que acataria a cedência se o pedido fosse feito ou pela ministra Dilma Roussef, da Casa Civil, ou por Paulo Bernardo. O problema visto pelo governador é em relação à ministra Marina Silva. Ele considera que havia sido desautorizado por ela, quando nomeou Lourenço sem consultá-lo.

O site Campo Grande News tentou falar com David Lourenço, que está trabalhando no Ibama, mas a informação é que ele estava em reunão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
DOURADOS
Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
PANDEMIA
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul
AGRONEGÓCIO
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul
Agepen investiga fuga e polícia reforça buscas a interno que escapou de presídio
PONTA PORÃ
Agepen investiga fuga e polícia reforça buscas a interno que escapou de presídio
BRASIL
Intenção de consumo das famílias fica estável em outubro
TERENOS
Barbosinha pede recuperação de ponte e estrada que dá acesso a propriedades rurais
DOURADOS
Ex-presidente da Câmara vai ao STJ contra condenação por 'sumir' com documentos
ORDEM DO DIA
Aprovada honraria a profissionais da linha de frente contra a Covid
HISTÓRICO
Fugitivo de presídio na fronteira foi preso em 2020 e cumpria pena por tráfico de drogas
OPORTUNIDADE
Inscrições para o concurso público da Sanesul seguem abertas

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada