Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Parreira cobra defesa para passar pela Alemanha

24 junho 2005 - 17h43

Apesar de não ter falado abertamente e de já ter saído em defesa dos zagueiros da seleção brasileira na Alemanha, o técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, deixou subentendido nesta sexta, véspera da semifinal da Copa das Confederações, contra os donos da casa, que o problema do time é a defesa."O Brasil precisa melhorar em alguns pontos. A equipe já provou que tem boas alternativas de ataque e nesta Copa criou mais oportunidades de gol do que as outras equipes. Mas atacar não é tudo. Temos que encontrar um equilíbrio, que estamos buscando", disse, em entrevista coletiva.Nos dois primeiros jogos --vitória sobre a Grécia e derrota para o México--, a dupla de zaga do Brasil foi formada por Roque Júnior e Lúcio. Muito criticado, Roque Júnior foi substituído por seu companheiro de Bayer Leverkusen Juan no empate com o Japão.Além desta, a seleção teve também outras três mudanças no time titular contra os japoneses. Léo entrou no lugar de Gilberto na lateral esquerda, Marcos ocupou a vaga de Dida no gol e Gilberto Silva substituiu Emerson na cabeça-de-área.Para o jogo deste sábado, em Nuremberg, no entanto, Parreira mais uma vez preferiu fazer mistério sobre a escalação.Nesta sexta, o treinador comandou apenas um rachão no Franken-Stadion, local da partida, em que os goleiros atuaram como atacantes --Renato e Júlio Baptista ficaram como arqueiros.Ao contrário do discurso que adotou na primeira fase, Parreira enalteceu a partida diante dos alemães, que classificou como um bom teste para saber em que nível está a seleção."A partida vale para os dois times. Nós queremos mostrar que estamos no caminho certo, e a Alemanha precisa demostrar que está preparada, precisa criar. Além disso, por estar classificada, a Alemanha não terá muitas oportunidades como esta [de treinar]", defendeu.Também nesta sexta, a seleção brasileira aproveitou para treinar cobranças de pênaltis. "Just in case [em caso de necessidade]", comentou Parreira, em inglês. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Começa hoje o prazo para matrículas em chamada única do Sisu
EDUCAÇÃO
Começa hoje o prazo para matrículas em chamada única do Sisu
Fahd diz em carta ser perseguido por criminosos e sustentado pelos filhos
ORMETÀ
Fahd diz em carta ser perseguido por criminosos e sustentado pelos filhos
Abril segue mais quente e seco do que a média em Dourados
CLIMA
Abril segue mais quente e seco do que a média em Dourados
MS se aproxima de 800 mortes por coronavírus em abril após mais 31 mortes
PANDEMIA
MS se aproxima de 800 mortes por coronavírus em abril após mais 31 mortes
Polícia recupera veículo furtado com mais de 150kg de maconha com destino a Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia recupera veículo furtado com mais de 150kg de maconha com destino a Dourados
DOURADOS
Vacinação continua em unidades de saúde e no Centro de Convivência do Idoso
VEÍCULOS MS
Ferrari confirma que terá carro elétrico em 2025
PANDEMIA
Com mais de 1,3 mil casos ativos, Dourados registra mais dois óbitos por Covid
CAMPO GRANDE
Jovem é cercado e estuprado por internos dentro de Unei
COVID-19
Vacinômetro MS informa 38,1 mil doses de vacinas aplicadas em Dourados

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
DOURADOS
Interno morre após briga com companheiro de cela da PED
PED
Arma de fabricação caseira é encontra em cela de interno morto