Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Parreira ainda não definiu time titular para pegar a Bolívia

03 setembro 2004 - 20h51

A seleção brasileira fez seu último coletivo antes da partida deste domingo, contra a Bolívia, no Morumbi, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Mas a dúvida sobre a escalação do time titular continua. O técnico Carlos Alberto Parreira começou o treino com Ronaldinho Gaúcho no meio-campo e o ataque com Adriano e Ronaldinho, deixando Alex na equipe reserva. Os titulares venceram por 2 a 0, gols de Ronaldinho e Ronaldinho Gaúcho. Em seguida, o treinador testou outras formações. Tirou Adriano e colocou Alex no meio, com Ronaldinho Gáucho e Ronaldinho no ataque. Na coletiva de imprensa, disse que ainda não escolheu o que será melhor para seleção, que sábado faz o reconhecimento do Morumbi, às 16h30m. "Acho que jogando com Ronaldinho, Ronaldinho Gaúcho e Adriano são três atacantes. E se o Alex entrar, quero que ele encoste mesmo no ataque. É um jogador inteligente, faz tabelas, bate bem de fora da área. É importantíssimo nas jogadas de bola parada" declarou."As possibilidades são bem idênticas. Os dois tiveram grande participação na Copa América (sobre Alex e Adriano). Tenho que ir pelo meu sentimento. Qualquer que seja a definição, o Brasil estará bem servido. Com qualquer uma das opções o Brasil estará ofensivo" concluiu. A última vez que as duas equipes se enfrentaram, dia 31 de janeiro de 2002, num amistoso, em Goiânia, os brasileiros golearam por 6 a 0. Ciente de que os bolivianos atuarão praticamente com cinco zagueiros, Parreira procurou tranqüilizar os jogadores sobre uma possível pressão da torcida. "O meio-campo da Bolívia é formado por jogadores bem defensivos, por isso eles devem formar um verdadeiro cinturão na entrada da área e utilizar os contra-ataques em velocidade para tentar nos surpreender. Se o gol demorar a sair, a torcida vai cobrar e precisamos ser inteligentes para saber administrar isso e vencer a retranca deles" advertiu Parreira. O Brasil lidera as Eliminatórias Sul-Americanas com 13 pontos, mais da metade do que têm os bolivianos (seis), na última colocação. Além da superioridade técnica, a seleção ainda tem a vantagem de jogar em casa. Todos admitem que sim, mas preferem não falar abertamente."Temos que entrar com humildade e seriedade, porque eles vêm bem fechadinhos tentando complicar" disse Parreira. Hoje, o goleiro Júlio César comemorou seus 25 anos. O aniversariante tem 21 convocações e sete jogos pela seleção principal e recentemente foi o goleiro titular na conquista da Copa América, no Peru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado