Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Parlamentar solicita obras de recuperação de estradas e travessões em assentamentos

09 fevereiro 2010 - 16h45

O deputado estadual Amarildo Cruz (PT) solicitou a realização de convenio entre o Incra e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul, para realização de obras de recuperação das estradas e travessões nos assentamentos Ranildo Silva, Santa Luzia, PAN, Pana, Volta Redonda e Bebedoruo.

De acordo com o parlamentar as chuvas intensas ocorridas nos últimos meses danificaram as estradas dos assentamentos, deixando-as intransitáveis, causando transtornos prejudicando o transporte escolar, a entrega de materiais para a construção das casas e dificultando a locomoção da população local. “A recuperação dessas estradas são obras de extrema necessidade e urgência”, destacou.

O pedido do deputado, lido em plenário na sessão desta terça-feira (09), será encaminhado ao Superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra, Sr. Waldir Cipriano Nascimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher