Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Paraiba: PF prende quadrilha de fraudadores do INSS

17 setembro 2004 - 18h24

A Polícia Federal prendeu hoje, em João Pessoa, nove pessoas acusadas de participarem de um esquema de fraude no INSS na Paraíba. Ao total, a polícia deve cumprir 17 mandados de prisão temporária e 16 mandados de busca e apreensão nas casas de pessoas envolvidas no golpe. A Operação Alienista, que teve início na manhã de hoje, em João Pessoa, contou com a participação de 90 agentes da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Os levantamentos iniciais feitos pela polícia revelam que o prejuízo aos cofres públicos gire em torno de R$ 6 milhões anualmente. A quadrilha é acusada de facilitar o recebimento do auxílio-doença no estado, por motivos de doença mental, através de atestados falsos. Estima-se que pelo menos 600 pessoas foram beneficiadas. O principal suspeito de comandar a organização é o candidato a vereador James da Costa Barros, ex-servidor do INSS, demitido por improbidade administrativa em 1984.James Barros atuava através de um escritório de serviços gerais, encaminhando as pessoas em busca do benefício para dois médicos peritos da Previdência que forneciam os atestados falsos. Segundo a Polícia Federal, os pacientes beneficiados se comprometiam a pagar, mensalmente, de 20% a 30% do benefício para Barros, que dividia o dinheiro arrecadado com os integrantes da quadrilha. A gerente Executiva do INSS na Paraíba, Socorro Brito, informou que o órgão está colaborando com a PF e que todos os funcionários comprovadamente envolvidos no esquema serão afastados da função. Com relação aos benefícios, ela disse que todas as pensões concedidas por auxílio-saúde serão revistas. As denúncias sobre a quadrilha começaram a ser investigadas pela PF há seis meses, quando foi detectado que o percentual de auxílio-doença por problemas mentais, em João Pessoa, é superior em mais de 100% aos dos outros Estados.Enquanto a média nacional em relação aos outros benefícios é de 13%, na capital paraibana o índice é de 27%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
NOVA ANDRADINA
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
BRASÍLIA
'Tô vendo uma barata aqui', diz Bolsonaro a apoiador com cabelo 'black power'
Suspeito de levar foragidos do ES ao Paraguai é preso com R$ 12 mil
UFGD
Workshop de saúde vocal para profissionais da voz acontece na próxima semana
NOVA ANDRADINA
Ex-namorado de líder do PSL encontrada morta, é indiciado por feminicídio
BRASIL
Caixa Econômica lança campanha para estimular transações pelo celular

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado