Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Para Promotor lei do prefeito da capital sobre áreas é inconstitucional

10 dezembro 2003 - 14h35

O promotor de justiça Aroldo José de Lima disse há pouco, na FM Cidade, que é "inconstitucional" a lei municipal, publicada ontem pelo prefeito André Puccinelli, que permite alienação ou permuta de 169 áreas desafetadas em Campo Grande. A lei permite que a prefeitura negocie praças pública e até pedaços de rua, como uma parte da Pedro Celestino, no bairro Monte Castelo, além de áreas verdes, áreas institucionais e outros espaços públicos. "Orgãos da Promotoria deverão tomar medidas cabíveis. A meu ver essa lei não tem muita chance de vingar", afirmou o promotor.Ontem, o Cedampo (Centro de Documentação e Apoio a Movimentos Populares) ingressou com uma representação no Ministério Público pedindo providências contra essa lei (nº 4114, de 8 de dezembro de 2003). "A venda de áreas públicas inalienáveis é uma afronta à Lei e ao bom senso", diz Nelson Batisti, vice-presidente do Cedampo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Barreiras sanitárias já abordaram 27 mil pessoas desde do início das atividades
Quaresma
Peixes para uma alimentação saudável
BRASIL
Produção nacional de automóveis tem queda de 21,8% em março
INFRAESTRUTURA
Córrego Rego D'Água receberá obras de urbanização
DOURADOS
Expoagro é adiada para setembro por causa de pandemia
COVID-19
MS registra mais um caso e investiga morte suspeita de coronavírus
DOURADOS
Coronavírus não deve tirar foco da dengue, diz Marçal Filho
BONITO
Homem é autuado em R$ 70 mil por incêndio para renovação de pastagem
DOURADOS
Remanescentes de concurso da Guarda entregam kits de prevenção ao coronavírus
PARANAÍBA
MP recomenda a reabertura de comércio não essencial com restrições sanitárias

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior