Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Para Promotor lei do prefeito da capital sobre áreas é inconstitucional

10 dezembro 2003 - 14h35

O promotor de justiça Aroldo José de Lima disse há pouco, na FM Cidade, que é "inconstitucional" a lei municipal, publicada ontem pelo prefeito André Puccinelli, que permite alienação ou permuta de 169 áreas desafetadas em Campo Grande. A lei permite que a prefeitura negocie praças pública e até pedaços de rua, como uma parte da Pedro Celestino, no bairro Monte Castelo, além de áreas verdes, áreas institucionais e outros espaços públicos. "Orgãos da Promotoria deverão tomar medidas cabíveis. A meu ver essa lei não tem muita chance de vingar", afirmou o promotor.Ontem, o Cedampo (Centro de Documentação e Apoio a Movimentos Populares) ingressou com uma representação no Ministério Público pedindo providências contra essa lei (nº 4114, de 8 de dezembro de 2003). "A venda de áreas públicas inalienáveis é uma afronta à Lei e ao bom senso", diz Nelson Batisti, vice-presidente do Cedampo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia encontra cocaína em chaleiras que iriam para a Espanha
PARAGUAI
Polícia encontra cocaína em chaleiras que iriam para a Espanha
ESTADOS UNIDOS
Júri declara ex-policial Derek Chauvin culpado pela morte de George Floyd
Casal é preso enquanto aplicava golpe em seguradora da fronteira
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
POLÍTICA
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
DOURADOS
Motociclista morre no HV 18 dias após sofrer acidente no centro
UFGD
Prazo para inscrever projetos de Iniciação Científica termina na próxima semana
MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados captura família de gambá no Jardim Água Boa
CÂMARA
Deputados aprovam urgência de projeto para privatizar os Correios
Transportando 26 cavalos ilegalmente, idoso é preso com dólares e reais
REGIÃO
Presidente da Assomasul destaca emenda que cria o ICMS Educacional 

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados