Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

Para Lula, jornalistas precisam de terapia

08 abril 2004 - 10h42

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem, no Dia do Jornalista, que, até o fim do mandato, vai tentar manter uma " relação leal " do Estado com os meios de comunicação e com os profissionais da imprensa. " Quando eu digo leal, é a relação em que, em nenhum momento, o governo deve pedir para um jornalista falar bem dele e, em nenhum momento, um jornalista deve falar mal simplesmente porque quer falar mal " , afirmou diante de diretores da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj) e dos repórteres que acompanham o dia-a-dia do Palácio do Planalto.Antes de Lula, o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação de Governo (Secom), Luiz Gushiken, havia discursado justamente queixando-se do comportamento da imprensa que não tem publicado notícias positivas. " O cidadão precisa ver o lado positivo das coisas. O leitor e o telespectador estão ansiosos por saber o que germina em termos de coisas boas " , afirmou o ministro. Gushiken afirmou ainda que " a imprensa opera com o raciocínio de explorar o contraditório e, muitas vezes, isso pode fomentar discórdias, disputas e conflitos de ego, quando são apenas discussões de idéias " .Sobre as críticas da imprensa de que o governo não conversa com os meios de comunicação ou não quer discutir, Lula ressaltou que um presidente da República tem que tomar " muito cuidado " com cada palavra que fala. " Porque cada palavra tem uma dimensão às vezes mais exagerada do que a gente pensa que tem. Mas tem gente que gosta de carregar na importância das coisas que a gente fala " .A diretoria da Fenaj entregou ao presidente um documento pedindo o apoio do governo para a criação de um Conselho Federal de Jornalismo para fiscalização da profissão. O pedido está sendo analisado pelo Ministério do Trabalho e, se aceito pelo governo, será transformado em projeto de lei a ser enviado ao Congresso. Lula considerou a idéia " simpática " , mas observou que alguns vão dizer que isso é uma intromissão na autonomia. Disse que é preciso fiscalizar melhor a formação dos jovens jornalistas porque o profissional trabalha com " uma coisa muito poderosa que é a caneta e o espaço do jornal " ." É só pegar os jornalistas de hoje, que é tudo um bando de meninas e meninos muito jovens, ou seja, eu acho que uma instituição dessa poderia contribuir para fortalecê-los enquanto profissionais " , destacou. " Eles saberiam que teriam um lugar para fazer sua terapia, com as frustrações de quem sai de manhã para fazer uma matéria, trabalha que nem um condenado, escreve, xinga o presidente, é xingado pelo presidente , sendo que o presidente nunca xinga, ou seja, se mata para escrever um texto e, no dia seguinte, aquilo que escreveu não está lá. Não tem nada mais dolorido do que isso, é uma espécie de parir todo santo dia um filho que não aparece com a cara que as pessoas querem " .Ao falar sobre o movimento sindical dos jornalistas, Lula disse que está " torcendo " para que a categoria possa recuperar, no menor tempo possível, o " prestígio e a representatividade " que já tiveram. E lembrou da histórica greve dos jornalistas em São Paulo em 1979, período que, na avaliação do presidente, o movimento sindical sofreu um grande retrocesso. " Naquele momento, os empresários provaram que era possível fazer jornal sem os jornalistas " , afirmou. " Os donos de jornais trabalharam de forma muito forte para tentar quebrar a espinha dorsal do jornalismo " .Lula acrescentou que a universidade vem " jogando uma enxurrada de meninos e meninas " na praça todo dia para trabalhar. " E emprego está cada vez mais difícil, mais seletivo e mais proibitivo e, muitas vezes, o jovem não tem sequer forças para levantar a cabeça e falar: essa pauta não é boa, tem outro assunto mais importante no pedaço " . 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Veículo é encontrado abandonado com mais de 300 quilos de maconha
TRÁFICO DE DROGAS
Veículo é encontrado abandonado com mais de 300 quilos de maconha
TRÁFICO DE DROGAS
Moradora do MT é flagrada transportando maconha em Caarapó
BRASIL
Consulta as vagas do Sisu será disponibilizada nesta sexta
Administrador é multado por derrubada de árvore e exploração de madeira
MEIO AMBIENTE
Administrador é multado por derrubada de árvore e exploração de madeira
Neno Razuk apresenta projeto para dar nome de Adib Massad à sede do DOF
POLÍTICA
Neno Razuk apresenta projeto para dar nome de Adib Massad à sede do DOF
PANDEMIA 
Dourados adere a consórcio para compra de vacinas contra a Covid-19
LEVANTAMENTO
Estudo mostra que mulheres ocupam menos de 1/3 de cargos gerenciais e policiais de MS
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
JÚRI POPULAR
Homem que matou idoso a cadeiradas em Dourados é condenado a 7 anos de prisão
SIDROLÂNDIA
Empresário morre em acidente que deixou outros três feridos

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados