quarta, 26 de janeiro de 2022
Dourados
37°max
27°min
Campo Grande
34°max
23°min
Três Lagoas
37°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Papa lidera as apostas para o Prêmio Nobel da Paz

09 outubro 2003 - 11h15

O papa João Paulo II é o favorito para ganhar o Prêmio Nobel da Paz, pelo menos entre os apostadores de um bookmaker australiano. O Centrebet, uma empresa de apostas da Austrália, está pagando 5 por 2 pelas apostas no Papa, contra os 7 por 1 pagos pelo segundo colocado, Vaclav Havel. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece em terceiro ao lado de Bono Vox, vocalista da banda de rock U2, os dois pagando 10 por 1. O vencedor das 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,32 milhão) oferecidas com o Nobel será anunciado amanhã em Oslo e sairá de uma lista de 165 candidatos. Entre os concorrentes estão o presidente dos EUA, George W. Bush, e o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, ambos considerados "azarões" pela casa, que paga 200 por 1 para no caso de vitória. "Ninguém quis arriscar ainda", se diverte um funcionário do Centrebet. Se João Paulo II vencer, os apostadores ganharão US$ 1,40 para cada dólar investido. Os australianos se dizem os primeiros a aceitar apostas a respeito da premiação. Geir Lundestad, chefe do Instituto Nobel Norueguês, afirmou ser a primeira vez que vê um bookmaker anunciar publicamente apostas em relação ao prêmio. Lundestad deu risada quando questionado sobre em quem estava colocando seu dinheiro. O líder católico, que completa 25 anos de papado neste mês, foi elogiado neste ano por pregar a reconciliação e por repetir que a guerra dos EUA no Iraque não era uma cruzada dos cristãos contra os muçulmanos. Alguns analistas acham, no entanto, o pontífice uma figura controvertida demais na liberal Noruega e vêem em Havel uma aposta mais segura. O dirigente da Igreja Católica é frequentemente criticado por se opor ao uso de camisinha. Irwin Abrams, um norte-americano especializado no Nobel, considera Havel um dos favoritos. Segundo Abrams, Lula, por exemplo, está há muito pouco tempo no poder para dar provas da seriedade de suas promessas. O ex-presidente Jimmy Carter, dos EUA, ganhou o prêmio no ano passado.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM NOROESTE

Morre em hospital homem que foi esfaqueado no peito pela esposa

JUSTIÇA

Roberto Jefferson é condenado a indenizar Manuela D'Ávila em R$ 10 mil

Devendo para agiotas, gerente comercial está desaparecido há 24 horas
SUMIÇO

Devendo para agiotas, gerente comercial está desaparecido há 24 horas

RELATÓRIO

Brasil piora duas posições no ranking de corrupção e fica em 96º lugar

TRÊS LAGOAS

Com carro furtado, radialista derruba portão e invade pelotão da PM

PANDEMIA

Com aumento de casos, Mato Grosso do Sul abre leitos de UTI Covid

COSTA RICA

Horas antes de morrer, enfermeira comemorou 'retorno para casa'

BLOCO ECONÔMICO

OCDE formaliza convite para início da adesão do Brasil à organização

LAGUNA CARAPà

Mulher clica em e-mail, tem conta do pai hackeada e perde R$ 90 mil

MERCADO FINANCEIRO

Dólar cai para R$ 5,43, com fluxo estrangeiro para países emergentes

Mais Lidas

NOVA ANDRADINA

Mulher sai para pedalar e é encontrada morta com sinais de estupro

DOURADOS

Durante confusão, jovem tenta dar facada na ex e acerta a mãe

VIOLÊNCIA

Por ciúmes, mulher destrói carro e agride ex em Dourados

DOURADOS

Acidente deixa policial em estado grave e motorista é preso por embriaguez