Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Papa lidera as apostas para o Prêmio Nobel da Paz

09 outubro 2003 - 11h15

O papa João Paulo II é o favorito para ganhar o Prêmio Nobel da Paz, pelo menos entre os apostadores de um bookmaker australiano. O Centrebet, uma empresa de apostas da Austrália, está pagando 5 por 2 pelas apostas no Papa, contra os 7 por 1 pagos pelo segundo colocado, Vaclav Havel. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece em terceiro ao lado de Bono Vox, vocalista da banda de rock U2, os dois pagando 10 por 1. O vencedor das 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,32 milhão) oferecidas com o Nobel será anunciado amanhã em Oslo e sairá de uma lista de 165 candidatos. Entre os concorrentes estão o presidente dos EUA, George W. Bush, e o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, ambos considerados "azarões" pela casa, que paga 200 por 1 para no caso de vitória. "Ninguém quis arriscar ainda", se diverte um funcionário do Centrebet. Se João Paulo II vencer, os apostadores ganharão US$ 1,40 para cada dólar investido. Os australianos se dizem os primeiros a aceitar apostas a respeito da premiação. Geir Lundestad, chefe do Instituto Nobel Norueguês, afirmou ser a primeira vez que vê um bookmaker anunciar publicamente apostas em relação ao prêmio. Lundestad deu risada quando questionado sobre em quem estava colocando seu dinheiro. O líder católico, que completa 25 anos de papado neste mês, foi elogiado neste ano por pregar a reconciliação e por repetir que a guerra dos EUA no Iraque não era uma cruzada dos cristãos contra os muçulmanos. Alguns analistas acham, no entanto, o pontífice uma figura controvertida demais na liberal Noruega e vêem em Havel uma aposta mais segura. O dirigente da Igreja Católica é frequentemente criticado por se opor ao uso de camisinha. Irwin Abrams, um norte-americano especializado no Nobel, considera Havel um dos favoritos. Segundo Abrams, Lula, por exemplo, está há muito pouco tempo no poder para dar provas da seriedade de suas promessas. O ex-presidente Jimmy Carter, dos EUA, ganhou o prêmio no ano passado.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura regulamenta home office e teletrabalho no serviço público durante pandemia
DOURADOS
Prefeitura regulamenta home office e teletrabalho no serviço público durante pandemia
Corpo encontrado às margens da BR-163 foi identificado por testemunhas
DOURADOS
Corpo encontrado às margens da BR-163 foi identificado por testemunhas
Após ameaçar mulheres, idoso de 70 anos é preso por posse irregular de arma de fogo
JUTI
Após ameaçar mulheres, idoso de 70 anos é preso por posse irregular de arma de fogo
Prefeito divulga nota de pesar pela morte de Humberto Teixeira 
DOURADOS
Prefeito divulga nota de pesar pela morte de Humberto Teixeira 
REGIÃO
Polícia prende coautor de roubo em hotel de Bataguassu
MS-162
Foragido da Bahia é preso durante bloqueio policial em MS
DOURADOS
Ex-prefeito que criou a Guarda Municipal morre aos 82 anos após complicações da Covid-19
DOURADOS
Mulher tem bolsa furtada dentro de carro estacionado em garagem
COMITÊ
Governo de MS amplia ações em saúde voltadas para população LGBT
DOURADOS
Celular é furtado em varanda de residência no Jardim Independência

Mais Lidas

DOURADOS
Promotor vê preconceito em comentários contra vacina para índios e denuncia à PF
DOURADOS
Mulher é presa acusada de dar cobertura para assaltantes que rendiam família
VILA ÍNDIO
Enfermeiro de 50 anos é primeiro vacinado contra Covid-19 em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa após assaltar entregador em frente conveniência no Jardim Flórida