Menu
Busca sexta, 14 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Palmeiras supera o Atlético no Mineirão: 2 a 1

15 agosto 2004 - 17h09

Na rodada que marcou o início do returno do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, o Palmeiras venceu agora à tarde o Atlético-MG por 2 a 1, com um gol de Osmar nos acréscimos. Foi o fim da seqüência de três vitórias em casa do Galo. O Verdão agora soma três triunfos consecutivos fora de seus domínios. O resultado levou o Palmeiras aos 43 pontos, dois a mais que Santos, São Paulo, Ponte Preta e Juventude. Peixe e Tricolor, no entanto, jogam ainda neste domingo. O Atlético segue com 28 pontos, na metade de baixo da tabela. Na 25ª rodada, os mineiros visitam o Vasco. Já o Palmeiras recebe o Internacional na quarta. Após um primeiro tempo fraco e com melhores chances por parte do Palmeiras, as equipes fizeram uma boa etapa final, dominada pelo Galo, que sofreu os gols em lances isolados e terminou a partida com dois homens a menos. O jogo:A primeira chance de gol saiu aos 15 minutos. Juninho bateu de longe e a bola fez uma grande curva, para grande defesa de Sérgio. A resposta do Palmeiras chegou três minutos depois, em um chute de Correa, sem perigo. Aos 24 minutos, Pedrinho bateu direto uma falta pela direita e a bola passou perto, mas saiu por cima do gol. A melhor chance da primeira etapa saiu em uma cobrança de falta de Baiano, que acertou a trave esquerda de Danrlei aos 40 minutos. A primeira oportunidade do segundo tempo foi do Galo, aos oito minutos. Tucho aproveitou desatenção da defesa palmeirense e achou Rubens Cardoso livre na direita. O lateral, livre de marcação, tentou o voleio e isolou. O castigo saiu aos 11 minutos. Rubens Cardoso afastou mal de cabeça e Thiago Gentil pegou o rebote de fora da área, acertando o ângulo esquerdo de Danrlei: 1 a 0. A chance do empate foi incrivelmente desperdiçada em uma cabeçada para fora do zagueiro André Luiz, em falha de Sérgio, aos 18 minutos. As coisas ficariam pretas para o Atlético aos 19 minutos, quando Juninho foi equivocadamente expulso pelo árbitro após entrada em Correa, não fosse o empate conquistado aos 23. André Luiz recebeu a bola em cobrança de falta, dominou no peito e passou de cabeça para Alex Mineiro. O atacante esperou a bola pingar e acertou um lindo voleio à queima-roupa: 1 a 1. Quatro minutos depois, Sérgio dispensou barreira e Gaúcho exigiu grande defesa do goleiro em falta de muito longe. Aos 34 minutos, Márcio Santos cabeceou da pequena área e mandou à esquerda, muito perto. Aos 44, Zé Luís parou contra-ataque de Lúcio e levou o segundo amarelo, deixando o Galo com nove. A vitória do Verdão sairia aos 46 minutos. Correa cobrou falta da direita e Osmar completou de cabeça, sem chance para Danrlei: Final: 2 a 1 para o clube paulista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista é preso com 45 mil pacotes de cigarros contrabandeados
TACURU
Motorista é preso com 45 mil pacotes de cigarros contrabandeados
TEMPO
Sexta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
CASSILÂNDIA
Funcionário de fazenda morre após bater em árvore e ser atropelado por trator
Primeira vereadora trans de Niterói deixa o país após ameaças de morte
RIO DE JANEIRO
Primeira vereadora trans de Niterói deixa o país após ameaças de morte
TRÁFICO
Polícia do Paraná apreende 2,3 toneladas de maconha que saíram de MS
COMISSÃO NO SENADO
Executivo da Pfizer diz que tentou 6 vezes vender vacinas, e governo não quis
CAMPO GRANDE
Polícia prende mulher que guardava droga a mando de marido preso
PREVIDÊNCIA
Prova de vida do INSS volta a valer a partir de junho nas agências
ACIDENTE
Avião que saiu de MS com destino ao RS, caiu e matou duas pessoas
ECONOMIA
Senado aprova suspensão no aumento de preço de medicamentos em 2021

Mais Lidas

DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
PESQUISA
Estudo confirma presença de dinossauros em Mato Grosso do Sul
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP