Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021
(67) 99257-3397

País ganha seguro ambiental de US$ 1,2 bilhao

27 agosto 2004 - 17h29

 O Brasil fechou com o Banco Mundial o maior programa de empréstimos para área ambiental já concedido pela instituição a um país. O anúncio foi feito ontem pelos ministros Marina Silva (Meio Ambiente) e Antonio Palocci Filho (Fazenda) e envolve até US$ 1,2 bilhão em quatro anos. A primeira parcela do empréstimo, de US$ 505 milhões, já foi aprovada pela diretoria do banco e estará disponível para o Brasil nos próximos dias.Os recursos não irão diretamente para o Ministério de Meio Ambiente. Vão para o caixa da União e servirão de respaldo para que o governo federal mantenha projetos já em andamento pela pasta, independentemente de problemas orçamentários.Ou seja, servirá como uma espécie de seguro para que não falte de dinheiro para programas listados pelo Ministério de Meio Ambiente como prioritários. O orçamento deste ano é de R$ 464 milhões para investimentos e custeio, exceto salários, dos quais 60% já foram executados.O governo enviou uma lista com os projetos para o Banco Mundial, que deu seu aval. "O Banco Mundial recebeu com muita boa vontade o conjunto de estudos e de práticas encaminhados à instituição e praticamente respaldou aquilo que foi produzido no Ministério do Meio Ambiente. Na verdade, nós não estamos aqui implementando um programa do Banco Mundial, estamos tendo um forte apoio do Banco Mundial", disse Palocci.Entre os projetos em andamento e que estarão garantidos pelo programa com o banco, Marina citou programas de combate ao desmatamento da Amazônia, novo plano de reforma agrária que inclui critérios para a concessão de licenciamento ambiental para os assentamentos e o primeiro concurso público para a contratação de funcionários efetivos para o ministério em 13 anos. Ao todo, serão 610 analistas ambientais para o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), ligado ao MMA, e 300 para o ministério."Esse é um compromisso do governo, tanto do ponto de vista dos recursos financeiros, a exemplo do que já se tem no programa de combate ao desmatamento, quanto da implementação das políticas", disse a ministra. "Os ministros Palocci e Mantega [Guido, Planejamento] já garantiram os recursos para o Orçamento do ano que vem", completou. Palocci confirmou e disse que o Orçamento de 2005 será conhecido nos próximos dias. Pela lei, o governo tem de enviar a proposta orçamentária do ano que vem ao Congresso até o dia 31 deste mês.Em teleconferência, o vice-presidente do Bird e diretor para o Brasil, Vinod Thomas, disse que a instituição fechou o programa em reconhecimento dos esforços do país na área ambiental.Segundo ele, os países não podem só buscar o crescimento econômico, têm de procurar associar o desenvolvimento sustentado com a proteção ao ambiente.O prazo de pagamento é de 17 anos, com cinco de carência. A taxa de juros é de 4,5% ao ano. O programa prevê dois novos empréstimos ao longo dos próximos quatro anos, de até US$ 700 milhões. Segundo os ministros Palocci e Marina, não haverá contrapartida financeira do governo.Ela disse também que caberá ao próprio governo apresentar os dados sobre a continuidade dos programas para que a diretoria do Banco Mundial possa analisar e decidir se aprova a liberação dos recursos restantes.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
Processo seletivo da Prefeitura de Maracaju terá salários de até R$ 8,5 mil
EDUCAÇÃO
Prazo para pedir isenção de taxa do Enem começa nesta segunda-feira
POLÍCIA
Foragido da Justiça é preso após agredir namorada adolescente
POLÍCIA
Mulher encontra seus três cachorros envenenados e suspeita de vingança do ex
Grêmio vence Inter de virada e larga em vantagem na final do Gauchão
ESPORTE
Grêmio vence Inter de virada e larga em vantagem na final do Gauchão
ESPORTES
Palmeiras domina o Corinthians, vence em Itaquera e vai à final do Paulistão
POLÍCIA
Homens são flagrados carneando vaca furtada e um deles tenta agredir policial a facada
PANDEMIA
Variante da Covid-19 que surgiu no Brasil já foi detectada em 16 países latino-americanos
ECONOMIA
INSS libera prova de vida digital para aposentados e pensionistas
POLÍCIA
Motorista andou pelo menos 1,5 km com namorada pendurada no capô

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
CAPITAL
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste