Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Ovos finos chegam a custar R$ 1.600 na Páscoa

01 março 2010 - 15h26

Você prefere comprar um ovo de Páscoa ou uma televisão de LCD de 32 polegadas? A Páscoa 2010 traz novidades salgadas para o bolso do consumidor, com ovos de chocolate que podem custar até R$ 1.600. O tamanho, o peso, as quantidades de cacau e leite, o tempo de processamento do chocolate e a produção quase que exclusiva ditam os valores cobrados pelas marcas.

O ovo mais caro da Kopenhagen, empresa famosa no mercado por criar chocolates finos, disponibiliza no mercado algumas unidades do ovo ao Leite de 10 kg, cujo preço de tabela é de R$ 1.590. O gerente de inovações da marca, Orlando Ganglini, explica que “o chocolate fica cerca de 72 horas batendo, enquanto que as marcas mais populares batem o produto por cerca de 8 horas”.

Mas a empresa também oferece opções mais em conta. Para quem deseja uma quantidade menor, o ovo Crocante de 5 kg sai por R$ 885 - por 300 g do mesmo chocolate, o consumidor desembolsa R$ 54,90. Lançamento da Páscoa 2010, o ovo em cerâmica recheado de bombons da marca com 460 g também é boa opção de presente e custa R$ 69,90.

A Chocolat du Jour aposta no mesmo público alvo e oferece chocolates com até 100% de cacau, embalagens diferenciadas e produção exclusiva. A proprietária da empresa, Claudia Landmann, afirma que a fabricação ocorre “conforme a demanda, em pequenos lotes que chegam diariamente às lojas”. Para comprar um ovo ao leite (Au Lait) de 1 kg da marca, o consumidor precisará desembolsar R$ 208,60. Se preferir o crocante, o valor sobe para R$ 248.

Acostumada a produzir chocolate em larga escala, a Nestlé também criou opções para quem pretende gastar um pouco mais por um bom produto na Páscoa. Elaborado com cacau importado da Venezuela, Gana e Equador e produzido na Suíça, o ovo Gold de 330 g é vendido por R$ 120 – a linha é numerada e as unidades, limitadas.

O gerente de marketing da empresa, Ricardo Barsani, explica que a matéria-prima utilizada é de primeiríssima qualidade e explica que a Nestlé “sabe até o nome das vacas [que fornecem o leite] na Suíça”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DURANTE A PANDEMIA
Saiba quais foram as maiores lives musicais realizadas na internet
SOLIDARIEDADE
Ação de ONG leva roupas e itens de higiene para famílias de Campo Grande
BRASIL
Parques e igrejas de maior porte reabrem no DF na quarta-feira
CORRIDA ESPACIAL
SpaceX e Nasa lançam foguete com astronautas nos EUA
BRASIL
Cidade de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho
"RAÍZES"
Documentário sobre sacis filmado em MS tem estreia online em junho
EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás
NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown