Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Ovinocultura é alternativa para diversificar produção em MS

11 abril 2006 - 10h26

O secretário estadual de Produção e Turismo, Wilson Roberto Gonçalves, disse na abertura do 5º Encontro Sul-mato-grossense de Ovinocultura, realizado na 68ª Expogrande, que Mato Grosso do Sul deve apostar a ovinocultura para ampliar a base econômica. Ele destacou também a importância das ações da Câmara Setorial, que há três anos ajuda a desenvolver a criação.“Não podemos negar que o agronegócio vive um momento difícil, mas temos de nos manter unidos. Ações e eventos como este são fundamentais para o Estado. Somente com fomento em novas atividades é que conseguirá superar os obstáculos. Mato Grosso do Sul precisa diversificar sua produção, e a ovinocultura é uma excelente opção”, reforçou.Estiveram presentes cerca de 200 pessoas, entre técnicos, produtores de ovinocaprinocultura e acadêmicos de zootecnia, veterinária e agronomia. O encontro é mais uma realização da parceria entre o Sebrae em Mato Grosso do Sul e da Associação Sul-Mato-Grossense de Criadores de Ovinos, Asmaco para divulgar o conhecimento e as novas tecnologias.A presidente da Asmaco, Thays Urt afirma que a parceria vem dando resultados positivos para a ovinocultura, o sucesso do evento é uma prova da credibilidade do trabalho desenvolvido. “Tivemos auditório cheio, é uma demonstração que o criador quer buscar alternativas, além do mais o nível dos palestrantes consagra toda nossa organização. Estamos em um momento de expandir nossa atividade”, afirma. O consultor do Sebrae e coordenador no Projeto de Apoio a Programas Sustentáveis da Cadeia de Ovinocaprinocultura (Aprisco) Marcus Rodrigo de Faria, diz que Mato Grosso do Sul se destaca como um mercado promissor para ovinos de corte, e que o Sebrae atua no desenvolvimento e na organização da cadeia produtiva. “O Projeto Aprisco também dá apoio a eventos como este, para trazer tecnologia e informações aos produtores do Estado uma vez que a ovinocultura é um mercado em expansão”, revela Faria.Mato Grosso do Sul tem um rebanho de aproximadamente 700 mil animais e um frigorífico especializado no abate, o primeiro do Centro-Oeste a operar, exclusivamente, com ovinos, inaugurado em janeiro deste ano. O que representa o crescimento do setor no Estado e dá incentivo a novos produtores investirem na criação.Para receber a assistência do projeto Aprisco os criadores precisam estar organizados em associação ou sindicato. A médica veterinária e consultora do Sebrae para ovinocultura, Verônica Guglielmi explica que o objetivo é atuar na gestão das propriedades com isso aumentar a produtividade e de forma sistematizada manter a freqüência da entrega da carne e da qualidade exigida pelo mercado consumidor.Mais informações pelos telefones 3325-4113 e 3325-4119 ou através do site www.ms.sebrae.com.br/*

Deixe seu Comentário

Leia Também

Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
SISTEMA DE SAÚDE
Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
IMUNIZAÇÃO
Brasil recebe lote de vacinas da Pfizer pelo consórcio Covax Facility
ESPORTES
Liga das Nações: Brasil termina 1ª fase com vitória e enfrenta Japão
CULTURA
Exposição com obras de Conceição dos Bugres fica no Masp até janeiro
POLÍTICA
Congresso recebe iluminação verde para incentivar preservação ambiental
PANDEMIA
Brasil registra 17,9 milhões de casos de covid-19 e 501,8 mil mortes
POLÍTICA
Vereadores votam LDO da Capital na terça-feira com projeção de R$ 4,669 bilhões
BRASILEIRO
Ceará domina Inter fora de casa, mas duelo acaba empatado
REGIÃO
Jovem é detido por populares após roubar de cerveja em conveniência
ESPORTES
Judô paralímpico do Brasil vai quatro vezes ao pódio na Inglaterra

Mais Lidas

ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"