Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Oposição ameaça barrar MP de Meirelles no Senado

02 dezembro 2004 - 14h05

O governo venceu a batalha, mas não a guerra. Depois de aprovada a medida provisória (MP) que confere status de ministro ao presidente do Banco Central na Câmara, a matéria vai ser analisada no Senado. Ao darem como certa uma vitória do governo com os deputados, os líderes da oposição na Câmara já advertiam ao Palácio do Planalto para apreciação no Senado. Eles lembraram que a base governista não tem uma maioria que garanta ao governo vitórias fáceis no Senado. O detalhe é que a base aliada tem de articular a votação da MP até o dia 13, dia em que a matéria completa 120 dias, perdendo sua validade. O líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), disse que o partido, juntamente com o PFL, vai obstruir a votação. A idéia dele é gastar o tempo regimental até o dia 13 para fazer com a MP perca validade. O tucano até admitiu ser favorável ao presidente do Banco Central ter um foro privilegiado, mas não por meio de MP e sim por Proposta de Emenda à Constituição. De qualquer maneira, a MP que confere status de ministro ao presidente do Banco Central só deverá ser votada pelo Senado na próxima semana. Até lá, as principais lideranças governistas vão assegurar cada um dos votos dos aliados para não correr risco de derrota, como já ocorreu outras vezes no Senado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Usina sucroenergética é multada em R$ 2,550 mi por incêndio em matas
BRASIL
Deputados aprovam texto-base de projeto sobre regularização fundiária
Avião apreendido com cocaína é de piloto do MS preso por tráfico
EDUCAÇÃO
UFGD oferece vagas em disciplinas isoladas em mestrado e doutorado
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
MEIO AMBIENTE
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
FUTEBOL
Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende 310 quilos de maconha e 16,5 quilos de skunk na BR-376
REGIÃO
Agosto Lilás, lança campanha de enfrentamento à violência doméstica
Arara-canindé morre eletrocutada após bater em fiação de energia
COMISSÃO
Deputados convocam Braga Netto a explicar suposta ameaça às eleições

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
DOURADOS
Motorista embriagado foge, causa acidente e termina preso