Menu
Busca terça, 09 de março de 2021
(67) 99257-3397

ONGs vão boicotar reunião com secretário de Meio Ambiente

02 outubro 2003 - 16h20

As organizações não-governamentais decidiram boicotar a reunião com o secretário estadual de Meio Ambiente, Marcio Portocarrero, prevista para as 16h de amanhã. O encontro será para discutir o decreto que libera a instalação de usinas e destilarias de álcool na região do Pantanal. O representante do Fórum em Defesa do Pantanal, Astúrio Ferreira dos Santos, e o secretário-executivo da Coalizão Rios Vivos, Alcides Farias, decidiram não participar do encontro. Santos argumenta que eles são obrigados a ficar no meio de um grande número de técnicos e acaba ficando sem dar o seu ponto de vista. Portocarrero pretende, com a reunião, esclarecer as entidades de que o decreto não atingirá a região do Pantanal, mas somente as áreas de 400 metros de altitude. Ele garantirá que a planície continuará protegida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Cabo é condenado após exigir R$ 10 mil a soldado por fotos íntimas
JUDICIÁRIO
Entenda por que Fachin anulou todas as condenações de Lula na Lava Jato
Dono de borracharia é autuado por comercialização ilegal de combustível
NOVA ANDRADINA
Dono de borracharia é autuado por comercialização ilegal de combustível
BRASIL
Receita esclarece como declarar redução de jornada no Imposto de Renda
SIDROLÂNDIA
Homem invade casa, agride a ex-mulher grávida e se esconde em matagal
VACINA
Pazuello muda de novo previsão de doses que Brasil terá em março
ANACHE
Escondido entre plantas, três são presos com 42 porções cocaína e maconha
REGIÃO
Governo e bancada federal entregam ônibus escolar aos 79 municípios de MS
BATAGUASSU
Condenado por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil
OPORTUNIDADE
Pátio Zero: Detran abre novo leilão e 75 veículos poderão voltar a circular

Mais Lidas

CENTRO
Douradense é assaltado ao sair de casa para pedalar na madrugada
BR-163
Carreta pega fogo após colisão, interdita pistas e deixa rodovia congestionada
POLÍCIA
Homem tem residência alvejada por disparos de arma de fogo em Dourados
DOURADOS
Secretário descarta lockdown, mas alerta para possíveis restrições após lotação de UTI's/SUS