Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

ONG diz que 42 jornalistas foram mortos em 2003

06 janeiro 2004 - 10h55

A organização não-governamental Repórteres sem Fronteiras (RSF) disse hoje que 42 jornalistas foram mortos durante seu trabalho em 2003.A RSF, com base em Paris, disse que a guerra liderada pelos EUA no Iraque foi responsável por 14 mortes em 2003. O total de jornalistas mortos no ano passado é o maior desde 1995. Em 2002, 25 jornalistas morreram."Cobrir uma guerra está se tornando cada vez mais perigoso para jornalistas", declarou a RSF. Segundo a ONG, aumentaram os ataques a bomba, o uso de armas mais sofisticadas e a indiferença dos combatentes pela segurança dos jornalistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Homem é preso ao tentar furtar 1,4 quilo de picanha de mercado
SAÚDE
Mariano, da dupla com Munhoz, é diagnosticado com o novo coronavírus
CORONAVÍRUS
OAB nacional adia publicação dos próximos editais de exame de ordem
POLÍTICA
Governo vai cruzar dados para o pagamento do auxílio de R$ 600
UEMS
Universidade da Melhor Idade suspende aulas por tempo indeterminado
LIVE
Governo de MS amplia benefício a carentes e orienta sobre cuidados em casa
VIOLAÇÃO DE REGRAS
Facebook e Instagram apagam vídeo que mostra passeio de Bolsonaro
CARACOL
Homem tenta matar esposa e esfaqueia homem que a protegia
PROTESTO
Cidades brasileiras registram panelaço contra Bolsonaro pelo 14º dia seguido
REGIÃO
Judiciário de MS destina mais de R$ 570 mil no combate à COVID-19

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta