Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
TABAGISMO É VILÃO

Oncologista alerta sobre o câncer de pulmão, doença que afeta mais de 1,5 milhão de pessoas no mundo

28 janeiro 2020 - 11h11Por Redação

Médico oncologista e professor da disciplina de oncologia clínica da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e da Escola de Medicina da Universidade do Algarve (Portugal), Ramon Andrade de Mello alerta sobre o câncer de pulmão, doença que afeta mais de 1,5 milhão de pessoas por ano em todo o mundo.

“O tabagismo reponde por 85% das causas da doença e, nos estágios iniciais, há grande possibilidade de cura”, esclarece.

Segundo ele, entre os sintomas da doença, estão a tosse persistente, escarro com sangue e dor no peito. Os pacientes podem apresentar ainda rouquidão, falta de ar, perda de peso e de apetite, além de pneumonia recorrente ou bronquite.

“A visita periódica ao médico é uma das maneiras de diagnosticar precocemente a doença, aumentando as chances de tratamento com resultados positivos”, pontua.

O professor da Unifesp acrescenta que o tratamento desse tumor depende do tipo histológico e do estágio da doença. “O paciente pode ser tratado com cirurgia, quimioterapia ou radioterapia, dependendo do diagnóstico. Podemos ainda combinar modalidade de tratamento”, afirma.

Segundo o especialista, nos casos da doença localizada e sem linfonodo, o tratamento pode ser cirúrgico, seguido ou não de quimioterapia e/ou radioterapia. Nos diagnósticos da doença localizada no pulmão e nos linfonodos, o tratamento é feito com radioterapia e quimioterapia ao mesmo tempo.

“Nos diagnósticos com metástases, o tratamento pode ser com quimioterapia ou até mesmo com medicação baseada em terapia-alvo. A equipe médica é que melhor pode definir o tratamento de acordo com cada caso”, aponta o médico oncologista.

Sobre Ramon Andrade de Mello

Oncologista clínico e professor adjunto de Cancerologia Clínica da Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Ramon Andrade de Mello tem pós-doutorado em Pesquisa Clínica no Câncer de Pulmão no Royal Marsden NHS Foundation Trust (Inglaterra) e doutorado (PhD) em Oncologia Molecular pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (Portugal).

O médico tem título de especialista em Oncologia Clínica, Ministério da Saúde de Portugal e Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO). Além disso, Ramon tem título de Fellow of the American College of Physician (EUA) e é membro do Comitê Educacional de Tumores Gastrointestinal (ESMO GI Faculty) da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (European Society for Medical Oncology – ESMO), Membro do Conselho Consultivo (Advisory Board Member) da Escola Europeia de Oncologia (European School of Oncology – ESO) e ex-membro do Comitê Educacional de Tumores do Gastrointestinal Alto (mandato 2026 – 2019) da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (American Society of Clinical Oncology – ASCO).

O oncologista é do corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital 9 de Julho, em São Paulo, SP, e do Centro de Diagnóstico da Unimed Bauru, em Bauru (SP).

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Jovem é levado para delegacia, após agredir pai e atirar martelo em policiais
ÁGUA CLARA
Jovem é agredida com mordidas e choque ao tentar terminar relacionamento
AVE SILVESTRE
Mulher é multada em R$ 5,5 mil por maltratar papagaio
LEVANTAMENTO
Em uma semana, MS tem quase 500 novos casos notificados de Síndrome Respiratória Grave
BRASIL
Prazo de entrega da declaração do ITR acaba na quarta-feira
INMET
Virada do mês pode ter ‘calorão’ de até 45°C em Dourados
TRÁFICO
Laboratório de cocaína é fechado e polícia prende dois na fronteira
ECONOMIA
Após abrir o dia em queda, dólar fecha em alta cotado a R$ 5,63
REGIÃO
Após ignorar ordem para fim de “festinha”, dois são levados para delegacia
CAMPO GRANDE
Condenada por tráfico em SP é presa na Capital

Mais Lidas

ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete
POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
DEODÁPOLIS
Homem morre ao bater moto de frente com caminhonete da patroa