Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Obrigatoriedade do ponto eletrônico é adiada para setembro

28 fevereiro 2011 - 11h46

O Ministério do Trabalho e Emprego adiou para 1º de setembro a obrigatoriedade de instalação de ponto eletrônico por empresas com mais de 10 funcionários para controlar a jornada de trabalho. O adiamento foi divulgado por meio da portaria nº 373, publicada no "Diário Oficial da União" desta segunda-feira (28).

O governo constituirá um grupo de trabalho com a finalidade de elaborar estudos para revisão e aperfeiçoamento do chamado Sistema de Registro Eletrônico de Ponto.

De acordo com a portaria, os empregadores poderão adotar sistemas alternativos de controle da jornada de trabalho, desde que autorizados por convenção ou acordo coletivo de trabalho.

Ainda segundo a portaria, os sistemas alternativos eletrônicos não devem admitir restrições à marcação, nem marcação automática, exigência de autorização prévia para marcação de sobrejornada e alteração ou eliminação dos dados registrados pelo empregado.

Para fins de fiscalização, os sistemas alternativos eletrônicos deverão estar disponíveis no local de trabalho, permitir a identificação de empregador e empregado e possibilitar, através da central de dados, a extração eletrônica e impressa do registro fiel das marcações realizadas pelo empregado.

A possibilidade de um acordo coletivo entre empregador e trabalhadores que permitisse dispensa do ponto eletrônico havia sido anunciado no dia 18 de fevereiro pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi, após reunião na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O ministro afirmou na ocasião que 95% das empresas têm ponto manual ou mecãnico. Essas não precisam fazer alterações. As outras 5% que já têm ponto eletrônico é que precisam se adequar. O ministro estima que sejam cerca de 350 mil empresas.

A portaria 1.510 foi publicada em 2009 e o sistema estava previsto para ser instalado nas empresas em 26 de agosto de 2010, mas acabou sendo adiado para 1º março deste ano após estudo da Secretaria de Inspeção do Trabalho mostrar que poderia haver falta de equipamentos necessários para atender à nova regulamentação. Assim, esta é a segunda vez que a implantação do sistema é adiada. Com o adiamento, as empresas terão mais prazo para a compra dos equipamentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Integrantes de quadrilha que clonam cartões são presos
POLÍCIA
Integrantes de quadrilha que clonam cartões são presos
INVESTIGAÇÃO
Mulher foge ao ser flagrada com cocaína em Dourados
Com mais duas mortes, Dourados chega a 445 óbitos por coronavírus
PANDEMIA
Com mais duas mortes, Dourados chega a 445 óbitos por coronavírus
DOURADOS
Casal é preso após ser flagrado com drogas para interno
Após disparo, jovem é encontrado com ferimento na cabeça e morre no hospital
IVINHEMA
Após disparo, jovem é encontrado com ferimento na cabeça e morre no hospital
POLÍTICA
Bolsonaro faz passeio de moto em homenagem ao Dia das Mães
POLÍCIA
Homem é assaltado enquanto dormia em caminhão
CULTURA
Museu da Imagem e do Som abre para visitação instalação lúdica
TRÁFICO DE DROGAS
Jovem é presa com 60 cápsulas de cocaína na penitenciária de Dourados
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 27 milhões

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido
ACIDENTE
PRF diz que policial saiu andando de viatura após colisão com carreta
BR-163
Viatura da PRF estava com apenas um ocupante quando colidiu contra carreta