Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

OAB vai tentar barrar PEC dos Precatórios no Supremo

09 dezembro 2009 - 18h00

O presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Cezar Britto, afirmou nesta quarta-feira que a entidade vai recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra a PEC (proposta de emenda à Constituição) que muda as regras para o pagamento dos precatórios --títulos da dívida pública.

O texto permite a Estados e municípios retardar o pagamento e obter descontos de dívidas impostas pela Justiça, e determina prioridade para débitos de natureza alimentícia, em especial quando os titulares forem idosos e portadores de doença grave.

A proposta foi aprovada na semana passada pelo Senado. Para Britto, ela constitui um "verdadeiro atentado à democracia", ao desrespeitar a coisa julgada e passar por cima das decisões transitadas em julgados do Judiciário.

"Essa emenda, fruto da famigerada PEC do Calote, rasga o título que deveria ser o mais seguro para todos: a coisa julgada; ela transforma a sentença judicial em mercadoria podre", disse o presidente da OAB.

Para ele, as inconstitucionalidades da emenda são gritantes e ela haverá de ser barrada pelo STF.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COSTA RICA
Em reconstituição, ex assume morte de casal, mas alega legítima defesa
QUARENTENA
Moro não poderá advogar por 6 meses e receberá salário de ministro
ECONOMIA
Prazo de pagamento da inscrição no Enem é prorrogado para o dia 10
RIO PIQUIRI
Corpo de adolescente que saiu para pescar sozinho é encontrado em rio
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 1.262 mortes por Covid-19 em 24 horas e chega a 31.199
IVINHEMA
Mulher é suspeita de forçar filha de 6 anos a participar de sessões de estupro
JUSTIÇA
Empresa de telefonia é condenada em R$ 10 mil por cancelamento de linha
DOURADOS
Na cidade com mais casos de Covid-19, quatro pessoas estão internadas em leitos públicos
CORONAVIDAS HUB/DOURADOS
Grupo entrega protetores faciais para atender profissionais da saúde e de áreas de risco
FLAGRA
Ladrão é espancado e amarrado por populares em bairro de Ponta Porã

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados