Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397

OAB repudia ameaças de Stédile de "incendiar" o País

29 março 2004 - 10h53

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato, criticou hoje, veementemente as declarações do líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, de que "abril vai pegar fogo" com a onda de invasões que ele pretende estimular para infernizar a vida do governo. Busato comparou as ameaças de Stédile às do líder do grupo Hamas, Abdel-Aziz al-Rantissi, e disse que elas "só tumultuam a vida do país e são um desserviço à cidadania". "Hoje de manhã liguei a TV e vi o novo líder do grupo terrorista Hamas dizendo a mesma coisa, que vai transformar abril em um mês de sangue, em um abril vermelho", disse o presidente da OAB. Segundo ele, as declarações de Stédile "tumultuam a vida da sociedade civil brasileira e lembram o terrorismo internacional, as declarações do líder do Hamas de que vai partir para o revide  e para os ataques aos Estados Unidos e a Israel".Para Busato, o líder do MST  "passou de todos os limites". E acrescentou: "o MST é um movimento pelo qual a população tem respeito, que tem suas prioridades, mas não é desta forma, partindo para a ilegalidade, lembrando com essas declarações de Stédile o terrorismo internacional, que o movimento vai resolver os problemas graves daqueles que não têm terra para plantar".O presidente da OAB lembrou que a entidade defende uma reforma agrária centrada numa reforma do latinfúndio. Mas, a seu ver, o que o  MST está fazendo, inclusive em termos de invasão de pedágios no Paraná e outras atitudes do gênero, "pode ser comparado a um terrorismo do ordenamento legal".Enfatizando o repúdio da entidade às declarações do líder do MST", Busato afirmou ainda que "o senhor Stédile está dando uma demonstração horrível de como deve ser conduzido um movimento que se diz organizado, social e a favor dos direitos humanos e dos  trabalhadores".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde lança guia alimentar de bolso para menores de 2 anos
SAÚDE
Saúde lança guia alimentar de bolso para menores de 2 anos
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
BRASIL
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
INTERNACIONAL
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
DOURADOS
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
AQUIDAUANA
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
PANDEMIA
Prorrogada situação de calamidade pública em dois municípios
ABERTO DE TÊNIS
Djokovic confirma retorno ao circuito no Aberto de Miami
MATO GROSSO DO SUL
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
VÔLEI
CBV divulga calendário das quartas de final da Superliga Feminina
POLÍCIA
Caminhão com pneus do Paraguai foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF