Menu
Busca quarta, 03 de março de 2021
(67) 99257-3397

OAB constata crise no atendimento psicológico em MS

04 maio 2004 - 07h41

O presidente da Comissão nacional de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, José Edísio Simões Souto, informou ao presidente nacional da OAB, Roberto Busato, que as vítimas de abusos e de violência em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, não estão recebendo atendimento psicológico do Estado."Uma criança que sofre violência tem que receber tratamento. Se ela não for submetida a um trabalho psicológico sério, amanhã certamente se tornará um marginal", afirmou Edísio Souto. "Essa situação não pode persistir. É mais uma vez o Estado brasileiro falhando com o cidadão".A denúncia partiu da juíza Maria Isabel Matos, da 1ª Vara da Infância e da Juventude de Campo Grande. Ela falou da grave situação da capital sul-matogrossense durante a sessão plenária da Conferência Regional de Direitos Humanos de Campo Grande, realizada nesta última semana. Segundo ela, os mais afetados com a falta de responsabilidade do governo com relação à inexistência de atendimento psicológico em Campo Grande são as crianças e idosos.A conferência foi realizada na sede da Seccional da OAB de Mato Grosso do Sul e reuniu várias entidades ligadas à área dos Direitos Humanos. Esta reunião, cuja palestra de abertura foi feita por Edísio Souto, funcionou como uma preparação para a 9ª Conferência Nacional de Direitos Humanos, que será realizada no final de junho na Câmara dos Deputados, em Brasília.Diante da falência no atendimento psicológico em Campo Grande, a Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB vai comunicar o fato às autoridades competentes, entre elas o Ministério Público, e examinará a situação em parceria com a Comissão de Direitos Humanos da Seccional de Mato Grosso do Sul."Estaremos atrás de uma solução porque a criança que é vítima de violência precisa de acompanhamento psicológico imediato", afirmou Edísio Souto. "Trata-se de um ciclo vicioso. Se um garoto sofreu violência e não recebeu qualquer tipo de auxílio psicológico, tem grandes chances de se tornar um criminoso lá na frente". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lumena é a quinta eliminada do 'BBB21' com 61,31% dos votos
TELEVISÃO
Lumena é a quinta eliminada do 'BBB21' com 61,31% dos votos
Empreendimentos com conceito multiuso ganham força no mercado dos investidores
INFORME PUBLICITÁRIO
Empreendimentos com conceito multiuso ganham força no mercado dos investidores
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 2,5 milhões nesta quarta-feira
Deputado Neno Razuk solicita esclarecimentos sobre reforma de escola
REGIÃO
Deputado Neno Razuk solicita esclarecimentos sobre reforma de escola
ECONOMIA
Bolsa Permanência do Prouni será paga a partir desta quarta-feira
EDUCAÇÃO
De forma remota, alunos da Rede Estadual retornam ano letivo de 2021
CORUMBÁ
Homem é autuado por captura e transporte ilegal de pescado
SAÚDE
Estagiários de Fisioterapia da Unigran atendem pacientes pós-Covid-19
CAPITAL
Pai pede socorro na rua para bebê engasgada que é salva por policiais
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados

Mais Lidas

PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente
TRAGÉDIA
Douradense que morreu em acidente no interior de SP tinha 58 anos
TRÂNSITO
Colisão entre motos deixa entregador de gás ferido em Dourados