Menu
Busca segunda, 02 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

OAB aprova Conselho de Jornalistas e sugere aprimoramento

19 outubro 2004 - 21h18

Depois de intensas discussões, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu hoje por 22 votos a favor e dois contra, institucionalizar o apoio à criação do CFJ (Conselho Federal dos Jornalistas). No entanto, a OAB decidiu também apresentar contribuições para o aperfeiçoamento do projeto que ainda vai ser votado no Congresso Nacional, dentre os quais sua completa desvinculação do Poder Público. O plenário da OAB aprovou o parecer do relator da matéria, o conselheiro federal pelo Estado do Pará, Sérgio Frazão do Couto, designado relator da matéria pelo presidente nacional da entidade, Roberto Busato. Além do projeto de lei 3.985/2004, de autoria do Executivo, criando o CFJ, ele examinou em seu voto o projeto de lei 6.817/2002, que cria a Ordem dos Jornalistas do Brasil, de autoria do deputado Celso Russomano (SP). Sérgio Couto concluiu seu parecer observando não vislumbrar, na intenção de regulamentar a profissão dos jornalistas brasileiros, "nenhum atentado às liberdades constitucionais de pensamento, opinião e informação jornalística". Mas, como contribuição ao debate para aperfeiçoamento da proposta do Executivo, ele salientou que além da regulamentação da profissão de jornalista, o projeto deve assegurar a liberdade de imprensa como valor fundamental. O projeto deve prever também, conforme visão do pleno da OAB, apoio à criação de uma entidade dos jornalistas "numa estrutura não vinculada ao Poder Público e, portanto, não-autárquica". A OAB manifestou também posição de que o Conselho Federal de Jornalistas não deverá prestar contas perante o Tribunal de Contas, sendo entidade independente e sustentada pelos profissionais de imprensa, devendo somente a estes prestar contas. Por fim, o Conselho Federal da OAB manifestou também seu entendimento de que a primeira direção constituída pelo CFJ "não seja exclusivista e sim, democrática". A recomendação, segundo o relator, se deve ao fato de que um dos artigos do projeto de lei prevê que a diretoria da entidade seria constituída exclusivamente por membros indicados pela Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Julho registra queda de mais de 50% de casos e óbitos com relação a junho
BALANÇO
Julho registra queda de mais de 50% de casos e óbitos com relação a junho
Após ideia de filha, empresária cria 'varal comunitário' para ajudar quem tem frio
DOURADOS
Após ideia de filha, empresária cria 'varal comunitário' para ajudar quem tem frio
BRASIL
Apostas da Lotofácil da Independência começam hoje
Assinatura de veículos: Um novo nicho de mercado
VEÍCULOS MS
Assinatura de veículos: Um novo nicho de mercado
Alison e Álvaro Filho passam por mexicanos e estão nas quartas de final
JOGOS DE TÓQUIO
Alison e Álvaro Filho passam por mexicanos e estão nas quartas de final
BAIXA UMIDADE
Há mais de 50 dias sem chuvas expressivas, Dourados tem alerta
COMER BEM
Aprenda a fazer esse maravilhoso cappuccino com ganache
TAÇA BRASIL
Magnus deixa Dourados com título inédito da competição ao vencer JEC
DOURADOS
Família de detetive assassinada vai à polícia agradecer investigação
PANDEMIA
Em dia de números baixos, MS se aproxima de 9 mil óbitos pela Covid

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Homem e mulher são mais recentes vítimas da Covid-19 em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS