Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

“O HU não sobrevive sem parcerias”, diz diretor geral

18 janeiro 2010 - 07h33

Durante a entrega dos oito novos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), na última sexta-feira (15), o diretor geral e vice-reitor, professor doutor Wedson Desidério Fernandes, destacou que o hospital não sobrevive sem parcerias. O diretor lembrou que o hospital pode avançar ainda mais e pediu aos usuários, servidores, estudantes, docentes e à população em geral, que continuem acreditando na
instituição.

Wedson Desidério fez um agradecimento especial a todos que lutam pelo HU e disse que com os novos leitos de UTI, o hospital deverá ser um dos melhores da rede pública dentro de Mato Grosso do Sul. “Com a incorporação dos serviços de Ginecologia e Obstetrícia, nossa UTI Neonatal também será uma das melhores desse Estado. A UFGD tem um projeto de ensino que deverá mudar a cara da saúde da cidade e da região”, enfatizou.

Com cooperação do Hospital Evangélico de Dourados, o hospital conseguiu regularizar o internato oferecido aos estudantes. Hoje, com a implantação de três residências no HU, o local também ganhará em dinamismo com médicos e outros profissionais da saúde atendendo 24 horas. “Estamos formando profissionais e servidores de alta qualidade e trazendo para a região o que há de melhor. Os estudantes estão entendendo o potencial dessa região”, disse o diretor.

Com mais de 4 mil consultas realizadas ao mês, 230 cirurgias, 470 internações, 30 mil exames e leitos lotados, o atendimento é significativo, mas não suficiente. “Esperamos um aumento de, pelo menos, 30% em um curto espaço de tempo, integrando a alta complexidade ao hospital, que vai servir de ampla referência. E por isso, necessitamos de apoio para que essa estruturação do HU se torne um sonho concretizado”, finalizou o vice-reitor da UFGD.

Presente na entrega dos oito novos leitos, o prefeito de Dourados, Ari Artuzi, destacou que para a manutenção do hospital e da saúde de Dourados, deve haver parcerias e enfatizou que vai ajudar e participar. “Contratamos 15 médicos recém formados e precisamos segurar esses profissionais na cidade. A idéia é melhorar a cada dia para atender Dourados e os 38 municípios vizinhos”.

Para o coordenador da UTI Adulta do HU, médico Antonio Pedro, esses anos em Dourados e na instituição foram de aprendizado. Ele lembrou a taxa de 90% de ocupação do hospital para atender toda a região de Dourados e disse que a direção conseguiu manter um excelente atendimento nos momentos difíceis e de angústias, graças a um corpo clínico e um grupo de servidores diferenciado.

“Hoje estamos prestando assistência à população e aos acadêmicos. Temos a primeira liga de Medicina do Centro Oeste, somos coordenadores nacionais de todas as ligas, já criamos a liga médica de Urgência e Emergência, enfim, projetos que nasceram dessa escola que possui qualidade em tudo que faz e para tudo que tem programado”, frisou o médico.

Paulo de Oliveira, coordenador da UTI Pediátrica do HU, deu ênfase à equipe coesa que atua nas UTI´s e aos avanços com a ampliação desses novos leitos para atender a região cada vez melhor.


Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD
Mestrado em Agronegócios convida para palestra sobre Conceitos Científicos
PMR
Operação recupera em Dourados caminhão furtado na fronteira
SELEÇÃO
SES abre processo seletivo para contratação de 31 profissionais da saúde
POLÍTICA
Senado aprova MP que altera cargos e funções na Polícia Federal
CAMPO GRANDE
PM fecha depósito de drogas, apreende 2 toneladas de maconha e prende 4
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 807 mortes por Covid em 24 horas, e total chega a 23.473
RIO VERDE
Mulher mata sobrinho com tiro na cabeça após ele ameaçar avó
CAPITAL
Mulher de pedreiro serial killer é presa pela Delegacia de Homicídios
PANDEMIA
No dia que MS passa de mil casos, 35 cidades ainda se mantêm “livres” do Coronavírus
DOURADOS
Homem cai em golpe após vizinho oferecer ajuda para cadastro de auxílio emergencial

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista