Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Número de mortos nas explosões em Bali já chega a 22

01 outubro 2005 - 15h34

A embaixada brasileira na Indonésia informou à Folha Online neste sábado que 22 pessoas morreram nas explosões ocorridas na ilha indonésia de Bali. Outras 51 ficaram feridas, e 38 delas foram hospitalizadas. Até o momento, não há informações sobre brasileiros entre as vítimas."A última informação é de que entre os mortos há um australiano e dois norte-americanos. Os trabalhos de identificação, quando se trata de uma explosão, podem ser lentos", afirmou o ministro conselheiro José Soares, que está na capital indonésia, Jacarta. Em Bali, o cônsul honorário Renato Viana está em "contato direto" com autoridades locais para monitorar a situação, segundo ele.As primeiras explosões ocorreram às 19h20 (9h20 de Brasília) no café Nyoman, na praia de Jimbaran. Pouco mais de 20 minutos depois, às 19h42 (9h42 de Brasília), houve o registro de uma nova explosão no o bar e restaurante Raja, localizado ao lado de um shopping center, no centro da cidade de Kuta, que fica a 30 quilômetros da praia. "Os lugares [onde ocorreram as explosões] são muito freqüentados por turistas", disse Soares.De acordo com o ministro, as explosões ocorreram em um período de alta temporada --que vai de abril a outubro, entre a primavera e o outono--, quando muitos esportistas vão para a região nessa época para praticar surf.Foi na cidade de Kuta onde houve a série de explosões ocorridas em 12 de outubro de 2002, que mataram 202 pessoas, a maioria deles turistas australianos.Naquele dia, duas bombas, uma delas carregada por um suicida, destruíram um restaurante e a discoteca de Kuta, cidade muito freqüentada por estrangeiros.Este ataque, com o maior número de vítimas desde os atentados de 11 de setembro de 2001, chocou o mundo e representou um golpe terrível para Bali, levando a Ásia a se mobilizar mais contra a ameaça do Jemaah Islamiyah [o grupo extremista islâmico é acusado de manter contatos em outros países do Sudeste Asiático e de ter ligação com a rede terrorista Al Qaeda, liderada por Osama bin Laden].Outros dois atentados na capital indonésia, Jacarta --ocorridos no hotel Marriot, em 2003, e na embaixada australiana, em 2004-- foram atribuídos ao mesmo grupo. Os dois ataques mataram 23 pessoas.Agências de inteligência de países ocidentais e a própria inteligência indonésia emitiram diversos avisos a estrangeiros, alertando sobre a possibilidade de novos ataques. No mês passado, o presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, disse estar preocupado com a possível ocorrência de um novo atentado no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso acusado de cultivar 'maconha gourmet' em contêiner
CAMPO GRANDE
Homem é preso acusado de cultivar 'maconha gourmet' em contêiner
Fila continua e 12 pessoas aguardam leitos de UTI Covid em Dourados
PANDEMIA
Fila continua e 12 pessoas aguardam leitos de UTI Covid em Dourados
Queda de jatinho no aeroporto da Pampulha mata piloto e fere dois
ACIDENTE
Queda de jatinho no aeroporto da Pampulha mata piloto e fere dois
Câmeras de segurança flagram atentado a casa de vereador; veja vídeo
FRONTEIRA
Câmeras de segurança flagram atentado a casa de vereador; veja vídeo
Polícia Civil apreende armas de fogo que seriam negociadas
CAMPO GRANDE
Polícia Civil apreende armas de fogo que seriam negociadas
BR-060
Homem é preso tentando levar quase 250kg de maconha até Goiás
SANGA PUITÃ
Após denúncias, PM apreende veículo com mais de 18 mil maços de cigarro
EDUCAÇÃO
Aprovados em medicina na Uems já podem realizar matrícula a partir desta terça-feira
BOQUEIRÃO
Homem é preso transportando droga que iria pra a Bolívia
ÁGUA CLARA
Mãe de jovem detido por maus-tratos a papagaio e cadela é multada em R$ 9 mil

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
LOTERIAS
Mega-Sena premia uma aposta com R$ 40 milhões e 11 douradenses acertam a Quadra
DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro