Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Número de cursos tecnológicos cresce 600% em dez anos

07 junho 2006 - 15h05

A oferta de cursos tecnológicos no país passou por um boom nos últimos anos. O crescimento de 1994 a 2004, segundo o Ministério da Educação, alcançou os vultosos 591,19%. Já o conjunto dos cursos superiores aumentou 234% no mesmo período. E a expansão da oferta tende a continuar.De acordo com os dados de cadastro de 2006 do MEC, o crescimento de 2004 até hoje foi de 96,67% (o número de cursos passou de 1.804 para 3.548). Esse tipo de graduação mais curta e voltada para a prática, cada vez mais, se firma como uma opção dos estudantes. É o caso de Thiago Alexandre Alves Assumpção, 21, que cursa materiais, processos e componentes eletrônicos na Fatec. "Pensei em prestar engenharia da computação e física. Mas vi no currículo do curso que tinha muito do que eu queria estudar. Principalmente na parte de hardware dos computadores", conta. Hoje, ele já faz planos para o fim do curso. "Pretendo fazer um mestrado na USP."No Estado de São Paulo, a própria Fatec passou por um aumento expressivo. De 1996 até 2001, as Fatecs ofereciam 1.570 vagas, em 16 cursos de nove unidades. Atualmente, são 3.780 vagas distribuídas em 29 cursos de 26 unidades."Precisava haver esse crescimento, porque o Brasil tinha um número de tecnólogos muito aquém do que é apresentado fora", diz o assessor de educação superior do Centro Paula Souza, João Mongelli Netto.Algumas dúvidas em relação ao tecnológico ainda permanecem. A principal está relacionada com o nome do curso. "Tem gente que ainda confunde curso tecnológico com técnico", diz Mongelli Netto.A indecisão de Denis Kenzo Caneshiro, 19, é um pouco diferente. Ele vai ter de decidir entre duas paixões: bacharelado em biologia ou tecnológico em gastronomia. "Desde criança gosto do mar, dos peixes. E agora tenho amigos que fazem gastronomia. Até trabalhei como sushiman e gostei bastante."Uma medida para reafirmar a identidade do tecnólogo foi a criação de um catálogo de cursos pelo MEC. Agora, nomes criativos demais, que restringiam a habilitação ou expandiam muito, foram eliminados.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CAPITAL
Mulher é acusada de agredir e xingar policiais em bairro de Campo Grande
FUTEBOL
Copa América: seleção chega ao Rio de Janeiro para jogo contra Peru
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
INTERNET
Pesquisa aponta inacessibilidade de sites culturais
LEGISLATIVO
Câmara aprova isenção de impostos para beneficiários do "Casa Verde Amarela"
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 82% dos indígenas receberam 1ª dose, diz Ministério da Saúde
COVID-19
Estado acolhe flexibilização de medidas em Dourados, mas mantém bandeira "cinza"
ESPORTES
Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América

Mais Lidas

DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Guarda encerra mais uma festa clandestina regada a álcool em meio ao lockdown
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave