Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Novo parquímetro, mas, como ficam os canteiros?

28 dezembro 2015 - 07h23

Há anos o município e a empresa que explora o serviço de estacionamento rotativo em Dourados faturam com a cobrança por ‘parada’ em vários pontos na região central. Porém, o retorno diante dessa tarifação pouco, ou quase nada é visto em relação a investimentos de melhorias no atendimento aos usuários.

Nos espaços dos canteiros centrais, buracos e pedaços de concreto arrancados pela ação do tempo ou pelas raízes das árvores. Vagas para idosos ou portadores de necessidades especiais com diversos obstáculos que podem causar prejuízos a essas pessoas que necessitam de uma atenção maior. Sem contar os terminais de contagem de tempo emporcalhados.

O serviço é prestado de forma escassa, com atendentes aparecendo apenas para notificar, como num passe de mágica.

Sem contar a desorganização e desatenção de boa parte dos motociclistas e motoristas que param de qualquer maneira, invadindo principalmente vagas que não são suas por conta da falta de fiscalização.

Agora, com a entrada de uma nova empresa para explorar o serviço de parquímetro a partir de fevereiro, as vagas serão aumentadas e a cobrança estendida aos motociclistas. Ou seja, mais arrecadação aos cofres públicos e a vencedora do processo licitatório e mais gastos ao já ‘furado’ bolso do contribuinte.

Porém, como um recomeço de um novo serviço, são necessários que sejam colocados as obrigações em seus devidos lugares, afinal, como pagar por algo que pode prejudicar minha integridade física, além da possibilidade de causar avarias em meu veículo?

Já que o espaço público foi ‘privatizado’, nada melhor do que se cobrar da prestadora de serviço, reparos e manutenções em todos os locais a qual terá o direito de explorar.

Não é justo pagarmos impostos e essas taxas extras, e ainda assim continuarmos assistindo um rio de dinheiro passando para bolsos de terceiros sem que haja um serviço de qualidade.

É necessária uma ação coerente e mais incisiva do que a simples pintura de faixas. É preciso uma contrapartida ao cidadão que já está cansado de só pagar e nada ter em troca.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
PGR pede abertura de inquérito sobre conduta de ministro da Saúde
PANDEMIA
PGR pede abertura de inquérito sobre conduta de ministro da Saúde
Dourados tem 91% de ocupação de leitos de UTI/SUS
PANDEMIA
Dourados tem 91% de ocupação de leitos de UTI/SUS
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
Inscrições para processo seletivo do Sebrae encerram terça-feira
DOURADOS
Inscrições para processo seletivo do Sebrae encerram terça-feira
PANDEMIA
Fiocruz aplica as primeiras doses da vacina de Oxford vinda da Índia
BATAGUASSU
Homem cai de embarcação e desaparece em lago da Usina Sérgio Mota
TECNOLOGIA
Startup brasileira ganha prêmio WSA na categoria saúde e bem-estar
MUNDO
Larry King, lenda da televisão americana, morre aos 87 anos
CAMPO GRANDE
Família procura mulher que saiu para entrevista de emprego e não voltou

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado