Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Novo Liraa vai direcionar ações de combate à dengue

15 março 2011 - 15h40

O novo Liraa (Levantamento do Índice de Infestação Rápido para o Aedes aegypti), que está sendo preparado pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), vai direcionar com mais precisão e eficácia as ações de combate à dengue em Dourados. A afirmação é da bióloga Rosana Alexandre da Silva.

As ações serão direcionadas com base nos resultados obtidos neste levantamento, que vai indicar, através de índices, quais são os bairros mais afetados por focos do mosquito transmissor. “O Liraa não identifica casos de dengue, mas sim, os focos existentes e quais os bairros mais afetados”, explica ela.
Os dados são colhidos através de equipes das unidades de saúde e do PSF (Programa de Saúde da Família) em todos os bairros da cidade. As informações vão servir para o mapeamento das ações de combate ao Aedes aegypti.

O Liraa é feito a cada dois meses em razão da rapidez de reprodução do mosquito. “Através da constatação do último levantamento, foi possível promover uma série de mutirões no início deste ano, o que ajudou no combate ao transmissor”, declarou Rosana.

O Liraa deve ser concluído até o final desta semana. “A partir daí o CCZ vai avaliar e direcionar as ações, como por exemplo, a necessidade de novos mutirões de limpeza ou intensificar as orientações e ações de bloqueio”, esclareceu a bióloga do CCZ.

Além do trabalho amparado no Liraa, a Saúde realiza outras ações de bloqueio ao Aedes aegypti baseadas nas notificações que chegam até o setor de Vigilância Epidemiológica. Neste caso, o combate é feito levando em consideração o local onde mora a pessoa com suspeita de dengue. Equipes de vigilância fazem o bloqueio químico nos arredores da residência do morador que tenha apresentado sintomas da doença.

“O Liraa é considerado mais eficaz porque identifica as larvas e permite o combate antes que o transmissor se prolifere”, explicou.

Rosana da Silva lembra que nos primeiros meses deste ano a dengue está controlada em Dourados. No mesmo período do ano passado já havia mais de 800 confirmações da doença. “O combate à dengue é um trabalho contínuo. Por isso, nos próximos dias vamos identificar os bairros com maior índice de larvas para levar as ações contra a doença”, frisou Rosana Alexandre da Silva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
OCUPAÇÃO MÁXIMA
Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
ECONOMIA
Abono salarial do PIS-PASEP de até R$ 1,1 mil tem calendário unificado
EDUCAÇÃO
Projeto 'Astrominas' oferece vagas para meninas adolescentes em atividades online de ciências
EMPREGO
Processo seletivo da Prefeitura de Maracaju terá salários de até R$ 8,5 mil
EDUCAÇÃO
Prazo para pedir isenção de taxa do Enem começa nesta segunda-feira
POLÍCIA
Foragido da Justiça é preso após agredir namorada adolescente
POLÍCIA
Mulher encontra seus três cachorros envenenados e suspeita de vingança do ex
ESPORTE
Grêmio vence Inter de virada e larga em vantagem na final do Gauchão
ESPORTES
Palmeiras domina o Corinthians, vence em Itaquera e vai à final do Paulistão
POLÍCIA
Homens são flagrados carneando vaca furtada e um deles tenta agredir policial a facada

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
CAPITAL
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste