Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Novo comandante dos Bombeiros quer priorizar o efetivo

28 abril 2004 - 13h53

Investir no profissional do fogo. Este foi o compromisso assumido pelo novo comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Freud Jacques Teixeira, que recebeu na manhã de hoje o comando da Corporação de seu antecessor coronel João Alves Calixto, na presença do governador em exercício e secretario de Estado de Planejamento Ciência e Tecnologia, Egon Krakhecke. “Quero desenvolver um projeto de valorização do efetivo, através de cursos de capacitação e aquisição de novos e modernos equipamentos”, disse Teixeira.O novo comandante disse ainda que o governo do Estado está trabalhando para aumentar o efetivo e, que, para isso, cem elementos já estão sendo treinados e que pretende ampliar este número para 200 pessoas. “Este é um projeto de expansão do Corpo de Bombeiros que para isso conta também com a construção de novos quartéis pelo interior do Estado”, revelou.Na ocasião o secretario de Estado de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, lembrou da evolução que a Corporação teve sob o comando do coronel Calixto. “O Bombeiro hoje é uma instituição que goza de um grande prestígio diante da sociedade. Hoje o cidadão tem a certeza de que uma unidade do Corpo de Bombeiros vai chegar até o local do acidente em tempo hábil para socorrer a vitima e salvá-la”, relatou.Dagoberto fez questão de lembrar que nos últimos três anos a Corporação passou de nove quartéis para 19 em todo o Estado, e que a aquisição de novos e modernos equipamentos, possibilitou a diminuição do tempo de atendimento de cada chamado. O coronel João Alves Calixto deixou o comando para atender um pedido do governador Zeca do PT, que o convidou para ser coordenador da nova Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Calixto disse que o governador Zeca fez com que os bombeiros reconquistassem a auto-estima. “Com ações como a quitação dos vencimentos, pagamento em dia dos salários e o investimento que fez na Corporação o governo do Estado resgatou a confiança dos bombeiros e da população”, disse o coronel, lembrando que contou com o apoio do governador e a orientação do secretário de Justiça para comandar a corporação .De acordo com Calixto, ele deixa o comando atingindo recordes em atendimento. Foram, segundo o coronel, 130 mil atendimentos nos três anos de seu comando e, os números de atendimento por ano também tiveram um aumento em Campo Grande de 6 mil em 2000 para 14 mil atendimentos em 2003 e, no Estado, de 14 mil em 2002 para 40 mil atendimentos em 2003.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Foragido, pai que estuprou a própria filha em São Paulo é preso em MS
AJUDA
Bolsonaro fala em pagar 4 parcelas de R$ 250 de auxílio emergencial
BATAGUASSU
Usando nome falso há 12 anos, homem foge da policia e até registra filha
FUTEBOL
Fundesporte e Federação assinam repasse de R$ 820,9 mil para o Estadual 2021
Golpistas pedem dados de idosa para simular empréstimo e 'limpam' a conta dela
VACINA
Ministério assina acordo para comprar 20 milhões de doses da Covaxin
CAMPO GRANDE
Idoso fica em porta-malas por mais de meia hora durante roubo de carro
ECONOMIA
Nova linha de crédito imobiliário da Caixa tem juros atrelados à poupança
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado em R$ 19 mil por desmatamento de bioma protegido
PROTESTO
Servidores públicos realizam ação contra a PEC Emergencial em Dourados

Mais Lidas

POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
PERIMETRAL NORTE
Carro é destruído pelo fogo após acidente em Dourados; veja o vídeo