Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Nordestinos dizem que 'Chupa-cabras' também atacou por lá

27 janeiro 2010 - 14h08

Se no Paraguai um suposto “Chupa-cabras” atacou bovinos em Pedro Juan Caballero, no Brasil, na semana passada aconteceu algo semelhante. Pelo menos é isso que diz o jornal JC On-line de Alagoas.
Segundo o jornal, o fato ocorreu no interior do Estado, na cidade de Craíbas. Lá, carcaças de animais vêm aparecendo sem nenhuma explicação lógica. São bois, cavalos, carneiros, galinhas. Eles são mortos e são deixadas apenas com a ossada exposta.
Como os ataques ocorrem sempre à noite, ninguém ainda conseguiu ver qual bicho é o autor das investidas. Mas os moradores assustados já cogitam se tratar de um ‘Chupa-cabras’.
O fato vem acontecendo há algumas semanas e a Polícia e a Secretaria de Municipal de Agricultura já estão cientes. Para eles as mortes são provocadas por um predador natural, como uma onça ou outro felino. Na já nesta terça-feira (26) começaram as investigações nos locais onde as mortes ocorreram.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Empresária paulista perde R$ 50 mil ao negociar compra de sucata
ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher