Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ELEIÇÕES 2014

Nelsinho diz que vai criar grupo de trabalho para destravar setor da construção

08 setembro 2014 - 18h45

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul Nelsinho Trad (PMDB) garantiu nesta segunda-feira (08) a empresários do setor de construção que irá manter um canal aberto com o segmento, responsável pela construção de moradias, estradas, indústrias e várias outras obras.

"Caso eu seja eleito, vocês tem o meu compromisso que manteremos aberto um canal institucional entre o governo e o sindicato", disse Nelsinho. Convidado pelo Sinduscon (Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção do Estado de Mato Grosso do Sul) , Nelsinho foi até a sede do sindicato apresentar suas propostas para o setor.

O setor da construção quer criar um ambiente de negócios que favoreça o desenvolvimento tanto do segmento como da sociedade, compatibilizando o meio ambiente com o desenvolvimento. Os empresários se propõe a sentar à mesa com o governo para mostrar as dificuldades que vem atrapalhando o setor, tais como a burocracia que torna morosa a liberação de licenças.

Nelsinho disse que a desburocratização é a chave para acelerar o desenvolvimento. Ele criou na prefeitura de Campo Grande um grupo especial para desburocratizar a emissão de licenças agilizando a vinda de novos empreendimentos. E assim como ele fez na Capital, ele pretende criar em seu governo grupos de trabalho para ver o que está travando a concessão de licenças.

"O empresário procura ver como está o ambiente político antes de vir. Vou fazer a minha parte. Procurar corrigir o que não está funcionando e avançar mais", garantiu Nelsinho. O resultado é que sua administração conseguiu trazer dois shoppings centers para a cidade,atraiu 400 novas empresas e criou 57 mil novos postos de trabalho com carteira assinada.

"Juntos podemos buscar propostas que melhorem esse entendimento, porque lá na ponta quem se beneficia é a população, por meio de escolas e hospitais, entre outras obras tocadas pelo setor da construção", exemplificou o presidente do Sinduscon, Amarildo Miranda Melo.

Nelsinho disse que, assumindo o governo, a primeira coisa que irá fazer é concluir as obras que estão em andamento. Ele lembrou que à época em que assumiu a prefeitura de Campo Grande, intensificou os serviços para a conclusão de obras que estavam sendo realizadas.

"Fiquei de janeiro a outubro concluindo estas obras e um gestor responsável deve agir assim, independentemente de quem deixou estas obras, se era do mesmo partido ou de um partido adversário. E é exatamente assim que vou fazer assumindo o governo do Estado. Quero que o Estado vá para a frente, que vocês fiquem fortes e que as coisas possam prosperar", concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Crise hídrica: chuvas da primavera não vão encher reservatórios
A caminho de hospital, ambulância com paciente grave se envolve em acidente
POLÍCIA
A caminho de hospital, ambulância com paciente grave se envolve em acidente
CIDADES
Prazo para pagar licenciamento de veículos com final 9 termina no dia 30 deste mês
POLÍCIA
Ao defender a mãe, jovem é agredido em bar e fica inconsciente
POLÍCIA
Mulher é atropelada e arrastada por motorista embriagado que não tinha CNH
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul recebe mais 167.530 doses de vacina contra a Covid-19
POLÍCIA
Criança de 5 anos morre após pais pararem para ajudar motorista em rodovia
BRASIL
Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil
POLÍTICA
CPI da Covid deve fechar relatório com pedido de indiciamento de Bolsonaro por prevaricação
BRASIL
Presidente Jair Bolsonaro viaja aos Estados Unidos para assembleia da ONU

Mais Lidas

DOURADOS
Morto durante o trabalho em fazenda tinha 26 anos
ACIDENTE DE TRABALHO
Maquinário cai e mata trabalhador em fazenda entre Dourados e Itahum
'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
REGIÃO
Casal precisa ser socorrido após carro quase ser "engolido" pela chuva