Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Na capital, inflação acelera em setembro com alta da carne, gasolina e energia

09 outubro 2020 - 15h23Por Da Redação com IBGE

O (IPCA) Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo disparou em Campo Grande, em setembro, com alta de 1,26%, 0,22 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada em agosto (1,04%). O levantamento é do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e foi divulgado na tarde desta sexta-feira (09). 

Esse é o maior resultado em 2020 para a capital e o maior entre as 16 regiões do Brasil pesquisadas pelo IPCA, influenciado principalmente em função da alta das carnes (6,63%), da gasolina (2,69%) e da energia elétrica (3,41%) . No ano, o indicador acumula alta de 3,41%. No Brasil, o IPCA foi de 0,64%, acumulando uma alta de 1,34%.

A maior variação (3,60%) no índice do mês na capital veio do grupo alimentação e bebidas, que acelerou em relação a agosto (2,31 %). Houve altas em outros cinco grupos, com destaque para habitação (1,38%), transportes (1,14%), vestuário (0,74%) e artigos de residência (0,40%). 

O grupo Despesas pessoais, após cinco meses em queda, também apresentou alta (0,35%) contribuindo com 0,02 p.p. para o resultado de setembro. No lado das quedas, o destaque foi Saúde e cuidados pessoais (-0,23%). Os demais grupos apresentaram recuo de 0,10% em educação e 0,07 % em comunicação.

A aceleração no grupo Alimentação e bebidas (3,60%) ocorreu especialmente em função dos alimentos para consumo no domicílio, cujos preços subiram 4,40% frente a agosto. Entre as maiores variações, estão o tomate (33,39%) e o arroz (17,33%), que acumulam no ano altas de 14,52% e 42,03%, respectivamente.

Os preços de outros produtos importantes, como óleo de soja (11,84%), o leite longa vida (6,73%) e as carnes (6,63%) também subiram. No lado das quedas, os destaques foram o mamão (-17,03%), melancia (-13,59%), batata-inglesa (-3,68%), ovos de galinha (-2,75%) e alho (-2,21%).

A alimentação fora do domicílio, subiu pelo segundo mês seguido, com alta de 1,28% em setembro, influenciada pela alta nos preços do lanche (4,10%) e da refeição (0,06%).

A segunda maior variação no índice do mês veio da Habitação (1,38%), o maior impacto no índice do mês veio da energia elétrica, cujos preços subiram 3,41%, devido ao aumento da alíquota de PIS/COFINS. A segunda maior variação veio do cimento (3,40%), que acumula no ano alta de 8,10%. Destaca-se também a alta do gás de botijão (2,25%).

Os preços dos transportes (1,14%) subiram pelo quarto mês seguido, embora tenham desacelerado em relação a agosto (0,82%). A gasolina, com alta de 3,22% em agosto, subiu 2,69% em setembro, contribuindo com 0,09 p.p.

Ainda em transportes, outro destaque foram as passagens aéreas, com alta (14,90%) após a queda de 2,65% em agosto. No lado das quedas, ressalta-se o recuo de 1,31% do etanol.

O grupo vestuário (0,74%) subiu pelo terceiro mês consecutivo em Campo Grande no mês de setembro. Contribuíram para isso as joias e bijuterias (3,24%), os calçados e acessórios (0,62%) e roupa feminina (1,04%).Os itens em queda foram roupa infantil (-0,66%) e roupa masculina (-0,62%).

No grupo dos artigos de residência (0,40%), a alta ocorreu principalmente por conta dos itens consertos e manutenção (2,19%), TV, som e informática (2,08%) e Cama, mesa e banho (1,19%). No lado das quedas estão os utensílios e enfeites (-0,97%) e mobiliário (-0,40%).

A queda (-0,23%) e a contribuição negativa (-0,09 p.p.) do grupo saúde e cuidados pessoais foram as mais intensas sobre o IPCA de setembro. Isso se deve ao item plano de saúde (-2,34%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

UTI Covid segue com seis internações em Dourados
PANDEMIA
UTI Covid segue com seis internações em Dourados
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
BRASIL
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
LAVA JATO
Justiça Eleitoral vai julgar ação sobre empréstimo de R$ 12 milhões ao banco Schahin
MUNDO
Biden e Macron discutem defesa europeia e se reunirão em Roma
MS
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
STF
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
RIO MIRANDA
Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito
JUDICIÁRIO
STJ define retorno de sessões presenciais para fevereiro de 2022 e dia de eleição para ministros
CAPITAL
Presidente do TJMS recebe medalhão comemorativo aos 100 anos da Justiça Militar

Mais Lidas

PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia