Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Murilo prevê semana importante e decisiva na CPMI dos Correios

10 julho 2005 - 12h51

O deputado federal Murilo Zauith (PFL) prevê uma semana de depoimentos e investigações importantes na CPMI dos Correios, da qual faz parte como membro. De acordo com a agenda oficial da Comissão, estão marcados, a partir desta terça-feira, depoimentos de três ex-diretores e dois ex-presidentes dos Correios.
Murilo teve sua atuação nas últimas duas semanas destacada de forma positiva pela imprensa nacional, principalmente nos depoimentos do deputado federal Roberto Jefferson (PTB) e do publicitário Marcos Valério, acusado de ser o operador do “mensalão”, quando suas perguntas repercutiram nos principais meios de comunicação do país.
De acordo com Murilo, as contradições no depoimento de Marcos Valério e a avalanche de denúncias que continua ocorrendo tanto contra o PT como contra órgãos do governo federal, como a prisão de um assessor parlamentar petista com cerca de R$ 500 mil em reais e dólares, demonstram que “muita coisa ainda está por vir”.
Murilo disse em Brasília, na semana passada, que é difícil acreditar que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estivesse alheio a todas as irregularidades que vinham sendo praticadas tanto em seu governo, quanto no Partido dos Trabalhadores. “É impressionante o volume de denúncias que surgem a cada dia”, afirmou Murilo.
A CMPI espera ouvir até o próximo dia 20 o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o ex-secretário do partido, Sílvio Pereira. Eles foram acusados por Roberto Jefferson, entre outras coisas, de organizarem com Marcos Valério o pagamento do mensalão a deputados federais do PL e do PP e ainda de negociarem cargos no governo com partidos da base aliada à Lula.
Na terça-feira, dia 12, serão ouvidos três ex-diretores dos Correios - de Administração, Antonio Osório; de Tecnologia, Eduardo Medeiros; e de Operações, Maurício Coelho Madureira. Na quarta-feira será a vez de dois ex-presidentes da estatal - João Henrique de Souza e Airton Dipp - e do presidente da empresa Skymaster, Luiz Otávio Gonçalves. (Elda Braga)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia recupera veículo roubado e apreende 270 quilos de maconha
BR-463
Polícia recupera veículo roubado e apreende 270 quilos de maconha
Dourados confirma mais 107 casos de coronavírus e dois óbitos
PANDEMIA
Dourados confirma mais 107 casos de coronavírus e dois óbitos
Residência na Balbina de Matos é alvo de assaltantes
DOURADOS
Residência na Balbina de Matos é alvo de assaltantes
Jovem estaciona na frente da casa onde mora e tem moto furtada
DOURADOS
Jovem estaciona na frente da casa onde mora e tem moto furtada
Deputado Marçal apresenta projeto de apoio fiscal a bares e restaurantes durante a pandemia
LEGISLATIVO
Deputado Marçal apresenta projeto de apoio fiscal a bares e restaurantes durante a pandemia
BR-463
Trailer é invadido e produtos são furtados na saída para Ponta Porã
PANDEMIA
Quase metade das mortes por doença em março no MS foram em decorrência da Covid
PANDEMIA
Senadora de MS testa positivo para a Covid-19
DOURADOS
Educação licitou 24,6 mil kits de alimentação escolar para famílias carentes
PANDEMIA
Deputado federal morre em Brasília vítima de covid-19

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados