sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Murilo defende união da bancada para liberação de emendas

10 novembro 2004 - 17h16

O deputado federal Murilo Zauith (PFL-MS) defendeu hoje a união das bancadas federais do Mato Grosso do Sul no Senado Federal e na Câmara dos Deputados para defender a liberação das emendas parlamentares para o Estado previstas no Orçamento Geral da União ainda para este ano. As emendas apresentadas de forma coletiva pela bancada do MS somaram  R$ 108,4 milhões, mas até agora somente R$ 969 mil foram pagos, o que representa menos de 1% dos recursos previstos. Em relação às emendas individuais, do valor total que juntas somam R$ 27.5 milhões, apenas cerca de R$ 630 mil foram pagos, ou seja, algo em torno de 3% do valor total.O apelo foi feito por Murilo Zauith durante encontro das bancadas sul-mato-grossenses com 37 prefeitos de municípios do estado, que discutiu a melhor maneira de obter a liberação das emendas individuais e coletivas para o Estado previstas no Orçamento de 2004. A reunião foi realizada no auditório da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal e além de Murilo estiveram presentes os deputados Waldemir Moka, Nélson Trad e Geraldo Rezende e os senadores Juvêncio da Fonseca e Ramez Tebet.Durante o encontro Murilo enfatizou sua preocupação de que, no momento em que o Congresso inicia a discussão do Orçamento Federal para 2005, o governo do presidente Lula ainda mantém contigenciada retida grande parte do total das emendas parlamentares. Ele lembrou ainda, por outro lado, que até o mês passado, o governo tinha aplicado apenas 17% do previsto no Orçamento para investimento. “Temos que nos empenhar pela liberação dos recursos para os municípios, já previstos no orçamento deste ano. Não podemos iniciar a discussão de orçamento do ano que vem sem executarmos o atual ou corremos o risco de todo o trabalho que envolve as análises e alterações da Proposta Orçamentária, feitas pelo Congresso, virar mera peça de ficção nas mãos do Governo Federal”, afirma Murilo. “O Presidente e sua equipe precisam entender que as emendas parlamentares são apresentadas ouvindo a população”, ressalta Murilo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia apreende em Itaquiraí droga que seria entregue em Santa Catarina
TRÁFICO

Polícia apreende em Itaquiraí droga que seria entregue em Santa Catarina

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador
ANASTÁCIO

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"
BRASIL

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"

Dois são presos com mais de R$ 500 mil em produtos que seriam entregues em Dourados
CONTRABANDO

Dois são presos com mais de R$ 500 mil em produtos que seriam entregues em Dourados

MS registra seis mortes por Influenza e número de óbitos chega a 44 no ano
GRIPE

MS registra seis mortes por Influenza e número de óbitos chega a 44 no ano

FUTEBOL

Fase semifinal do Campeonato Estadual Sub-13 começa neste sábado

DIÁRIO OFICIAL

Governo Federal sanciona lei que institui a Tarifa Social de Água e Esgoto

HEMOSUL

Dourados recebe em média, menos da metade das doações de sangue necessárias diariamente

CENSO

Brasil tinha 3,5 milhões de imóveis em construção e reforma em 2022

REGULAMENTAÇÃO

Câmara aprova projeto de Fábio Luís que amplia estacionamento gratuito para PcD em Dourados

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DOURADOS

Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, asfalto no Altos do Indaiá tem ordem de serviço autorizada