Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Multidão assiste funeral de jornalista assassinado no Líbano

04 junho 2005 - 15h46

Uma multidão de milhares de pessoas acompanhou neste sábado, pelas ruas do centro de Beirute (capital do Líbano), o funeral do jornalista de oposição libanês Samir Kassir, 45, morto em um atentado na quinta-feira.Com bandeiras libanesas e fotos de Kassir, a multidão seguiu, jogando pétalas de rosas pelo caminho, até a catedral ortodoxa grega Saint Georges, onde a cerimônia fúnebre foi realizada. À frente da procissão estavam a mulher de Kassir, Gisele Khoury, apresentadora da rede de televisão Al Arabiya, ao lado de seus filhos. Também seguiram o cortejo o líder oposicionista anti-Síria Walid Jumblatt e Saad Hariri, filho do ex-premiê Rafik Hariri [assassinado no dia 14 de fevereiro, em um atentado a bomba em Beirute].O enterro foi realizado no cemitério Saint Mitr, próximo ao local onde aconteceu o atentado.Kassir, um dos mais proeminentes jornalistas libaneses e ferrenho crítico da Síria, foi morto na quinta-feira (2) com a explosão de uma bomba que foi colocada em seu veículo. O atentado aconteceu no bairro cristão de Ashrafieh, onde Kassir morava. Os policiais, que isolaram o local rapidamente, afirmaram que o artefato explosivo foi colocado sob o banco do motorista. Testemunhas afirmaram que a explosão aconteceu assim que Kassir entrou no veículo. O impacto foi tão forte que janelas das casas ao redor ficaram estilhaçadas.Grupos da oposição culparam o governo sírio, especialmente o presidente Émile Lahoud --considerado o maior defensor da influência síria no Líbano-- pelo atentado.Ontem cerca de 200 jornalistas e políticos, muitos segurando canetas pretas como símbolo da liberdade de expressão, ficaram por uma hora na praça dos Mártires, no centro da capital, em tributo a Kassir. Sinos de igrejas da região soaram em homenagem ao jornalista.O ministro da Justiça, Khaled Kabban indicou hoje o juiz Sami Sidki para conduzir a investigação da morte de Kassir, mas é grande o ceticismo no país sobre a realização de investigações abrangentes e efetivas de crimes com motivações políticas.Gibran Tueni, diretor do "An Nahar", afirmou na quinta-feira que o assassinato do jornalista está ligado à morte do ex-premiê Rafik al Hariri, ocorrida em 14 de fevereiro em Beirute, após a explosão de uma bomba no momento em que seu comboio passava pelas ruas da capital. Ele era líder da oposição libanesa e um dos maiores críticos do atual governo libanês.O assassinato de Al Hariri provocou uma grande tensão política no Líbano. Vários protestos foram realizados, e a pressão dos civis que saíram às ruas fez com que a comunidade internacional demandasse a saída do contingente de soldados sírios do Líbano.A Síria mandou soldados para o Líbano em 1976, um ano depois do início da guerra civil libanesa, que acabou em 1991, com o desarmamento dos grupos extremistas. Na ocasião, os sírios deveriam ter deixado o país, o que não aconteceu.O último soldado sírio deixou o Líbano em 26 de abril último, colocando um fim à presença militar da Síria no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Contêineres para descarte de resíduos sólidos são instalados em área indígena
DOURADOS
Contêineres para descarte de resíduos sólidos são instalados em área indígena
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
Prefeitura dá início a entrega de Kits Alimentação para mais de 8 mil alunos
DOURADOS
Prefeitura dá início a entrega de Kits Alimentação para mais de 8 mil alunos
Dourados estreia com derrota para o  Comercial no hexagonal
FUTEBOL
Dourados estreia com derrota para o Comercial no hexagonal
Resultados de exames para Covid-19 podem ser acessados sem sair de casa em MS
PANDEMIA
Resultados de exames para Covid-19 podem ser acessados sem sair de casa em MS
DOURADOS
Campanha quer arrecadar alimentos entre pessoas vacinadas contra a Covid
CRIME AMBIENTAL
Derrubada ilegal rende multa de R$ 36 mil a fazendeiro
IVINHEMA
Polícia encontra mais de 800kg de maconha em casa alugada para o tráfico
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 2,5 milhões amanhã
JOGOS DE TÓQUIO
Sorteio define grupos das seleções masculina e feminina de futebol na Olimpíada

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados