Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Mulher tem nome negativado por não pagar telefone que nunca teve

27 setembro 2003 - 17h08

A vendedora Ivone Ribeiro registrou queixa na Polícia Civil sobre um caso de estelionato que foi vítima. Ela contou que ao fazer um crediário em uma loja da cidade, foi avisada que o nome dela estava negativado. O comerciante a informou que era em função de uma conta telefônica que não havia sido paga. Ivone estranhou porque o número de telefone que aparecia como responsável pela negativação era de Campo Grande e, segundo ela nunca habilitou uma linha na Capital do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Inscrições para o Encceja são prorrogadas até 25 de janeiro
BRASIL
Inscrições para o Encceja são prorrogadas até 25 de janeiro
"Boca de fumo" é fechada no Jardim Itália e três são detidos
DOURADOS
"Boca de fumo" é fechada no Jardim Itália e três são detidos
Salariômetro: reajuste salarial ficou abaixo da inflação em dezembro
BRASIL
Salariômetro: reajuste salarial ficou abaixo da inflação em dezembro
O Ensino Fundamental do Seu filho para 2021
EDUCAÇÃO
O Ensino Fundamental do Seu filho para 2021
Empresa deve projetar asfalto entre distritos de Dourados por R$ 257 mil
MS-274
Empresa deve projetar asfalto entre distritos de Dourados por R$ 257 mil
DOURADOS
Prefeito isenta imposto para construção de indústria com investimento bilionário
SAÚDE & BEM - ESTAR
Unimed Dourados lança novo site para beneficiários e cooperados
REGIÃO
Traficante é flagrado com 1 tonelada de maconha em picape guinchada
ENSINO FUNDAMENTAL
Inscrições para o Encceja 2020 terminam nesta sexta-feira
ESTADOS UNIDOS
Biden vai pedir quarentena a passageiros internacionais

Mais Lidas

DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado
DOURADOS
Alvo da PF, empresário foi preso com armas e fortuna ao sofrer atentado em 2019