Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
(67) 99257-3397

Mulher se passa por mãe morta e frauda Previdência

12 maio 2004 - 12h41

A advogada Marilda Figueiredo foi presa, ontem, em São Paulo, ao tentar sacar a aposentadoria de sua mãe, morta a de seis anos. Durante todo esse tempo, Marilda sacava, mensalmente, o benefício de R$6,9 mil em nome de sua mãe. A Previdência calcula em R$650 mil o montante do desfalque causado pela advogada. Além de sacar a aposentadoria, Marilda se passou pela mãe morta para pedir empréstimos em banco e obter restituição do Imposto de Renda. Ao se passar pela mãe, que se viva teria 77 anos, Marilda, que tem 55 anos, despertou a desconfiança dos bancários várias vezes. De acordo com a própria acusada, Marilda despistava os desconfiados argumentando que parecia jovem por levar uma vida saudável e "ter feito várias plásticas". Quando presa, Marilda tentou convencer os policiais de que não agia de ma fé. Marilda explicou que se sentia beneficiária da mãe e, portanto, não tinha consciência de que cometia uma fraude. Os agentes que prenderam Marilda não aceitaram o argumento. Na opinião da polícia, Marilda é uma pessoa esclarecida e dificilmente não tinha consciência da gravidade de seus atos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Abel Ferreira pede tranquilidade ao Palmeiras na Final da Copa do Brasil
ESPORTES
Abel Ferreira pede tranquilidade ao Palmeiras na Final da Copa do Brasil
Embriagada, mulher bate carro em poste e vai parar na delegacia
REGIÃO
Embriagada, mulher bate carro em poste e vai parar na delegacia
Após cometer crime  no Brasil, bandido foge para o Paraguai, mas acaba preso
SE ACIDENTOU NO TRAJETO
Após cometer crime no Brasil, bandido foge para o Paraguai, mas acaba preso
PMA autua dois pescadores por pesca ilegal e apreende petrechos de pesca
AMAMBAI
PMA autua dois pescadores por pesca ilegal e apreende petrechos de pesca
TRF3 concede aposentadoria por invalidez a trabalhador rural portador de lombalgia
BRASIL
TRF3 concede aposentadoria por invalidez a trabalhador rural portador de lombalgia
MS
Pescadores são autuados por pescar em cachoeira
STJ
Ministro nega pedido do Coaf para suspender investigação sobre conduta de servidores
ESTADO
Empresa divulga balanço das atividades na MS-306 após 11 meses de concessão
BRASIL
STF decide que Petrobras não precisa se submeter à Lei das Licitações
REGIÃO
Discussão durante bebedeira termina com homem morto a facada

Mais Lidas

EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
SIDROLÂNDIA
Empresário morre em acidente que deixou outros três feridos
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor