Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Mulher que derrubou o papa deve ser indiciada

28 dezembro 2009 - 17h53

A polícia italiana realiza "rapidamente" as investigações sobre o caso da suíço-italiana Susanna Maiolo, 25, que derrubou o papa Bento 16 em plena Missa do Galo, na véspera do Natal, indicaram nesta segunda-feira fontes vaticanas. As autoridades afirmam que Maiolo não deve ser indiciada já que não estava armada no momento do ataque e, aparentemente, não tinha intenções de lhe fazer mal.

De acordo com as mesmas fontes, o promotor de Justiça da Santa Sé, Nicola Picardi, já ouviu as testemunhas e deve recolher a documentação médica de Maiolo em uma semana. Depois disso, ele decidirá se levará ou não o caso a julgamento.

Caso Maiolo não seja absolvida, o processo passará às mãos do juiz vaticano, Piero Antonio Bonnet, nomeado ao cargo em maio passado. Se for julgada e condenada, Maiolo poderá cumprir pena na Itália ou na Suíça.

Na quinta-feira passada (24), momentos antes do início da Missa do Galo, Maiolo conseguiu burlar a segurança do Vaticano e avançou na direção do papa quando ele ingressava na Basílica de São Pedro.

Embora tenha sido interceptada por um agente, ela conseguiu puxar as roupas do pontífice, levando-o ao chão. Apesar do susto, Bento 16 se recompôs rapidamente, socorrido por auxiliares, e presidiu a cerimônia normalmente.

Maiolo foi presa e posteriormente encaminhada a um hospital, onde foi medicada. Ela aguarda a decisão na ala psiquiátrica do hospital Angelucci, na cidade italiana de Subiaco, próximo a Roma.

Maiolo, revelou o Vaticano, já havia tentado atacar o papa há um ano. A tentativa também ocorreu na Missa do Galo, mas em 2008.

O cardeal francês Roger Etchegaray, 87, que também sofreu uma queda no incidente ao tentar impedir a mulher de chegar junto ao papa, fraturou o fêmur e terá de ser operado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Primo desaparecido pode ser oitava vítima do "pedreiro assassino"
DATAFOLHA
Pesquisa aponta que 67% reprovam aproximação de Bolsonaro com 'Centrão'
TERÇA-FEIRA
Rua Júlio Marques de Almeida no Parque Alvorada será preferencial
AUTORIZAÇÃO
PF diz ao Supremo para ouvir Bolsonaro em inquérito sobre interferência
ECONOMIA
Quarto sorteio do Nota MS Premiada será realizado neste sábado
DOURADOS
Jovem morre no Hospital da Vida 19 dias após acidente de moto
DOURADOS
Motorista fica ferido após colisão entre carros na Oliveira Marques
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado
FRIO
Dourados tem 11º dia com temperatura abaixo de 10 graus em maio
DELITO
Celso de Mello envia à PGR comunicação de crime contra Eduardo Bolsonaro

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown