Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Mulher obriga filha a se casar em troca de porco e tapetes

10 janeiro 2010 - 08h06

Uma mulher neozelandesa foi acusada de agredir e sequestrar sua própria filha, de 17 anos, para obrigá-la a se casar e manter relações sexuais com o pai de seu namorado, que pagou o "dote" com um porco e tapetes.

Segundo o jornal local Sunday Star-Times, a menina é de Tonga e recusou-se a aceitar o casamento imposto. Ela escapou com seu namorado na noite da cerimônia, mas sua mãe a agrediu e a levou de volta.

A vítima denunciou o caso, e agora a mulher e o homem foram formalmente acusados pela Justiça. A mãe pode pegar uma pena máxima de 14 anos.

Fontes próximas à família disseram ao "Sunday Star-Times" que, apesar disso, a adolescente segue vivendo com seu marido, contra sua vontade.


Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena, concurso 2.266: ninguém acerta as seis dezenas, e prêmio vai a R$ 45 milhões
DADOS
Covid-19: Brasil tem quase 500 mil casos confirmados e 28.834 mortes
DURANTE A PANDEMIA
Saiba quais foram as maiores lives musicais realizadas na internet
SOLIDARIEDADE
Ação de ONG leva roupas e itens de higiene para famílias de Campo Grande
BRASIL
Parques e igrejas de maior porte reabrem no DF na quarta-feira
CORRIDA ESPACIAL
SpaceX e Nasa lançam foguete com astronautas nos EUA
BRASIL
Cidade de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho
"RAÍZES"
Documentário sobre sacis filmado em MS tem estreia online em junho
EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos