Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Mulher confessa ter assassinado o marido em assentamento

13 janeiro 2010 - 12h33

A dona de casa Gedalia Flaviana Rocha, acusada de ter assassinado seu amásio Edermiro Valente na noite do último sábado (9) no Assentamento Itamarati, em Ponta Porã, se apresentou no 2° D.P da cidade na manhã de ontem. De acordo com o site Mercosul News, Gedália foi à delegacia acompanhada de uma advogada e contou os detalhes da morte de Edermiro, com quem ela vivia há nove meses e tinha um filho.

A acusada contou que na noite do crime, por volta de meia-noite, Edermiro chegou em casa embriagado e começou a quebrar os móveis da casa, ameaçando a mulher e as crianças. Após gritar por socorro aos vizinhos e não ser atendida, ela fugiu da casa e foi perseguida por amásio.

Com isso, ela usou uma faca, que disse carregar para se proteger, para desferir um golpe no peito de Edermiro, que caiu. A mulher disse que não tinha intenção de matar o amásio, apenas fugir das agressões. Depois, pegou as outras crianças em casa e foi para a casa de parentes. Avisado por populares, policiais militares que trabalham no assentamento foram comunicados do fato, estiveram no local e repassaram a informação a Polícia Civil que também esteve no local.

Por ter residência fixa, sem antecedentes e por ter se apresentado espontaneamente, Gedalia foi ouvida indiciada e liberada e vai responder o processo em liberdade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEPUTADO, EMPRESÁRIO E BLOGUEIRO ALVOS
PF cumpre mandados judiciais em investigação sobre fake news
FRIO
Embrapa apurou condições favoráveis a ocorrência de geada na região
DOURADOS
Prefeitura vai pagar mais de R$ 1 milhão sem licitação a Hospital para usar leitos
COMER BEM
Dona Neide Marmitaria: agora com mais opções para seus clientes
SAÚDE
Especialista do ‘Casal Grávido’ fala sobre protagonismo paterno na gestação
APÓS PRORROGAÇÃO
Prazo de inscrição no Enem 2020 termina nesta quarta-feira
ITAQUIRAÍ
Polícia prende 4 traficantes e encontra 307 quilos de drogas em assentamento
SELEÇÃO
SES encerra inscrições para contratação de 31 profissionais da saúde
ECONOMIA
Câmara aprova MP que aumenta salário mínimo para R$ 1.045
SAÚDE
Mais um servidor da Penitenciária de Dourados é diagnosticado Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher