Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Mudanças no Fies ampliam percentuais de financiamento

02 abril 2008 - 09h18

A portaria que estabelece alterações no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), anunciadas no sábado (29) pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, foi publicada hoje (1º) no Diário Oficial da União. O documento amplia de 25% para 50% o financiamento das mensalidades de cursos superiores oferecidos a estudantes atendidos pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) com bolsas parciais. Com a mudança, os estudantes que já possuem 50% de desconto sobre o valor da mensalidade por causa das bolsas recebem ainda o direito de financiar o restante das parcelas cobradas pelas instituições de ensino.

Além disso, a legislação define prioridades na distribuição de recursos do Fies. Em primeiro lugar estão os estudantes do Prouni. Em seguida, aparecem aqueles que recebem bolsas complementares oferecidas pelas próprias instituições de ensino, principalmente os matriculados em cursos considerados prioritários: licenciaturas de química, física, matemática e biologia; engenharias; medicina; geologia e os cursos superiores de tecnologia.

Com as mudanças, o Fies passa a cobrir 100% dos custos do ensino superior assumidos por beneficiários do Prouni e por bolsistas das instituições matriculados em cursos prioritários ou avaliados com notas 4 ou 5 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). No caso de estudantes não-bolsistas que optarem pelos cursos prioritários, o percentual de financiamento é de 75%.

Ela destacou as alterações das regras para facilitar a contratação do financiamento e o pagamento do débito junto à Caixa Econômica Federal depois de concluído o curso superior. Segundo Paula, a exigência de fiador foi flexibilizada, podendo ser substituída por uma fiança solidária em que grupos de até cinco estudantes assumem conjuntamente a responsabilidade pela quitação do seus contratos. Também foi estabelecida uma carência de seis meses após a formatura para o profissional começar a saldar o financiamento. O prazo de pagamento que era de uma vez em meia em relação ao tempo de duração do curso foi estendido para o dobro do período utilizado para a formação.

As mudanças que entram em vigor no processo de seleção do segundo semestre desse ano foram previstas na Lei 11.552 sancionada pelo presidente Lula, em novembro do ano passado mas só foram regulamentadas com a portaria publicada hoje. De acordo com o MEC, 110 mil beneficiários do Prouni, cerca de 30% do total de 380 mil, recebem a bolsa parcial que cobre 50% dos custos do ensino superior. Os outros 270 mil recebem bolsas integrais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados retoma os grandes shows com "Os Meninos da Pecuária" Léo e Rafael dia 20/11
Informe Publicitário
Dourados retoma os grandes shows com "Os Meninos da Pecuária" Léo e Rafael dia 20/11
CAPITAL
Homem persegue, atropela cunhado e bate em carro de delegacia
Jovem é preso após transportar duas malas com maconha em ônibus
REGIÃO
Jovem é preso após transportar duas malas com maconha em ônibus
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial a nascidos em fevereiro
Detran/MS dá início a curso para uso do talonário eletrônico em Dourados
CAPACITAÇÃO
Detran/MS dá início a curso para uso do talonário eletrônico em Dourados
REGIÃO
Governo lança sistema para melhorar atendimento aos migrantes
INFORME PUBLICITÁRIO
Coelho arranca gargalhadas e anima pessoas em Dourados
TV DOURADOS NEWS
Uma classe unida fortalece a advocacia de todos, diz Beto Teixeira, candidato a presidente de OAB
FRONTEIRA
Apreendidos 246 quilos de cocaína nos destroços do helicóptero que caiu
INVESTIMENTO
Dourados recebe quase R$ 4 milhões em obras voltadas para o esporte

Mais Lidas

CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
JARDIM MÁRCIA
Bandidos fazem "limpa" em motel de Dourados e levam até carro
REGIÃO
Duas pessoas morrem carbonizadas após queda de helicóptero carregado com cocaína
DOURADOS
Entreposto que tinha até pé de maconha é fechado e trio preso pela polícia