sábado, 15 de junho de 2024
Dourados
20ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

MS vai discutir o setor leiteiro em novembro

21 outubro 2004 - 17h54

O dia seis de novembro de 2004 tem tudo para entrar para a história do setor leiteiro nacional. O cenário será o Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo; a cidade: Campo Grande (MS); o evento: o 4º workshop sobre políticas públicas para o agronegócio do leite, que integra o 4º Congresso Internacional do Leite; o acontecimento: o debate Exporta Brasil.O encontro contará com a presença dos maiores especialistas em leite do Brasil em um formato que se assemelha a um evento paralelo que acontece anualmente na Expomilk, em São Paulo, e que ano passado recebeu o nome de Como Ganhar Dinheiro com o Leite. De acordo com Paulo Martins, Chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, uma das instituições promotoras do evento, o Exporta Brasil é um dos grandes diferenciais do congresso internacional do leite deste ano. "Nove pessoas de reconhecido e prestígio no setor lácteo nacional serão indicadas como entrevistadores. Eles irão elaborar perguntas para três dos maiores especialistas no assunto", explica.Entre os entrevistados está o deputado federal Leonardo Vilela, presidente da Comissão de Agricultura , Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados. Martins lembra que ele foi reeleito com o voto do segmento leiteiro e é considerado pela cadeia produtiva do leite como um dos principais responsáveis pela mudança do cenário lácteo no Estado de Goiás.Os outros debatedores são José Pereira Campos Filho e Eliseu Roberto de Andrade Alves. O primeiro preside uma das maiores cooperativas do Brasil, a Cooperativa Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais (CCPR/Itambé). Eliseu Alves é ex-presidente da Embrapa e, segundo Paulo Martins um dos maiores estudiosos do leite do Brasil.Fórum permanente - Martins acredita que o Exporta Brasil permitirá um debate amplo e intenso entre os principais especialistas em leite, que estarão reunidos num mesmo ambiente. "Acreditamos que as discussões não serão restritas ao tema, mas a tudo que remeta a exportação, como carga tributária, aumento da eficiência produtiva, qualidade do leite e melhoria da relação produtor x indústria", analisou.O Chefe-geral da Embrapa Gado de Leite afirma que encontros do molde do Exporta Brasil se tornarão frequentes nas próximas edições do congresso internacional do leite. "Serão fóruns permanentes para a discussão de diferentes temas, sempre com importantes desdobramentos para a cadeia produtiva do leite", concluiu.O Exporta Brasil está marcado para às 19 horas. O 4º Congresso Internacional do Leite é uma realização da Embrapa Gado de Leite em parceria com várias instituições. Entre elas estão a Confederação Nacional de Agricultura, Organização das Cooperativas do Brasil, Confederação Brasileira de Cooperativas de Laticínios, Governo do Mato Grosso do Sul e Leite Brasil. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS

Idosa cai em golpe e faz empréstimo de R$ 8 mil para quitar dívida

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã
POLÍTICA

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto
REGIÃO 

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto

EDUCAÇÃO

MEC aceita revogar portaria se professores de federais acabarem greve

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

GERAL

CNBB pede aprovação de projeto que equipara aborto a homicídio

AMEAÇA

Jovem é indiciada após acusar ex-chefe de importunação sexual

DONATIVOS

MPT destinou mais de R$ 47 milhões em recursos ao povo gaúcho

PARAGUAI

Agente fica ferido e Senad apreende aviões do tráfico na fronteira

INTERNACIONAL

Lula se encontra com Papa Francisco na Itália, onde participa do G7

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

NEGÓCIOS E CIA

Veja quem recebe o PIS/Pasep na próxima semana

HOMICÍDIO 

Douradense é encontrado morto com mãos e pés amarrados no interior do MT