Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99257-3397
LEVANTAMENTO

MS tem o 4º maior percentual de pessoas que sofreram algum tipo de violência no ano

07 maio 2021 - 18h20Por Gizele Almeida com IBGE

Levantamento da PNS (Pesquisa Nacional de Saúde), revela que Mato Grosso do Sul tem o o 4º maior percentual de pessoas que sofreram algum tipo de violência e mulheres são a maioria. Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

Os diversos tipos de violência são um importante problema de saúde pública no mundo. No Brasil, os tipos de violência interpessoal constituem a principal causa de óbito de jovens e adultos de 15 a 39 anos de idade.

Em 2019, a Pesquisa Nacional de Saúde - PNS estimou, em Mato Grosso do Sul, que 400 mil pessoas de 18 anos ou mais sofreram agressão psicológica, física ou sexual nos 12 meses anteriores à entrevista, o que corresponde a 20,6%, o quarto maior percentual entre as Unidades da Federação, atrás de Sergipe (24,9%), Roraima (22,3%) e Bahia (21,8%).

O percentual de mulheres que sofreram alguma violência foi de 22,7% e o de homens foi de 18,3%. 

Considerando a faixa etária, a prevalência de casos de violência é mais acentuada nas populações mais jovens: de 18 a 29 anos (36,0%); de 30 a 39 anos (19,3%); de 40 a 59 anos (17,4%) e 60 anos ou mais (10,3%). As pessoas pretas (25,8%) e pardas (20,9%) sofreram mais com a violência do que as pessoas brancas (19,8%) A mesma tendência ocorreu com a população com menor rendimento (sem rendimento até 1/4 do salário mínimo), em comparação com a de maior rendimento (mais de 5 salários mínimos), 31% e 13%, respectivamente.

No estado, 59 mil pessoas deixaram de realizar suas atividades habituais em decorrência da violência sofrida, o que representa 14,5% das vítimas de violência, seja psicológica, física ou sexual. 

Entre as Unidades da Federação, o estado é o 5º maior percentual. As mulheres foram mais atingidas do que os homens, com 15,3% e 13,3%, respectivamente. Em 2019, a PNS estimou 395 mil pessoas de 18 anos ou mais sofreram agressão psicológica nos 12 meses anteriores à entrevista, ou seja, 19,9% da população, 4º maior percentual do País. As mulheres sofreram mais com esse tipo de violência do que homens, 22,1% e 19,9%. 

Considerando que 395 mil pessoas sofreram violência psicológica e 400 mil sofreram algum tipo de violência, podemos concluir que, das pessoas que sofreram alguma violência, 98,7% sofreram violência psicológica.

Veja mais detalhes no gráfico abaixo: 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Primeira infância: família de classe D sofre mais impacto na pandemia
PESQUISA
Primeira infância: família de classe D sofre mais impacto na pandemia
PMA prende caçadores em Naviraí
POLÍCIA
PMA prende caçadores em Naviraí
STF mantém quebra de sigilo de coordenadora do PNI
JUSTIÇA
STF mantém quebra de sigilo de coordenadora do PNI
Comerciante é preso e autuado em R$ 2,3 mil por pesca predatória
CRIME AMBIENTAL
Comerciante é preso e autuado em R$ 2,3 mil por pesca predatória
Oito são presos em flagrante com armas de fogo e munições
POLÍCIA
Oito são presos em flagrante com armas de fogo e munições
ANAURILÂNDIA
Jaguatirica é resgatada em estado grave na MS 480
DOURADOS
PRF apreende cocaína em ônibus de viagem
SAÚDE
Butantan deve iniciar nesta semana pré-cadastro para teste da ButanVac
MÚSICA
SoulRa apresenta show nesse domingo no YouTube
ESPORTE
Olimpíada: conjunto brasileiro de ginástica rítmica está em Tóquio

Mais Lidas

FLEXIBILIZAÇÃO
Decreto que libera atividades comerciais a partir de domingo é publicado
EMOCIONATE
VIDEO: Recuperada da Covid-19, douradense é recebida pela mãe em Rondônia
LOCKDOWN
Decreto flexibiliza atendimento via delivery no Dia dos Namorados em Dourados
LOCKDOWN
Fiscalização encontra funcionários dentro de filial das Casas Bahia em Dourados