Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
AGRODEBATE

MS tem lavouras de milho ainda formado pendão e outras maturando

05 junho 2015 - 13h45

G1

Em razão dos atrasos na semeadura, que fizeram com que cerca de 30% da área cultivada com milho safrinha em Mato Grosso do Sul fosse plantada fora do período estipulado pelo Zoneamento Agrícola de Risco Climático, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), as lavouras da cultura no estado estão com uma grande diferença nos estágios de desenvolvimento.

Segundo circular técnica do Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio (Siga), da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), enquanto que em algumas regiões do estado as plantações ainda estão no estágio de formação de pendão, o pendoamento, conhecimento como VT, que ocorre entre nove e dez semanas após o plantio, em outras, a cultura já está na última etapa do ciclo produtivo, a de maturação fisiológica (R6), que é registrada de 50 a 60 dias após a polinização.

Conforme o Siga, na região central do estado, as lavouras estão entre os estágios R4, em que os grãos estão se desenvolvendo, adquirindo uma consistência pastosa, ao R6. Em Sidrolândia, os produtores já relataram a incidência da lagarta da espiga e o volume de chuvas registrado é considerado bom para a cultura.

Já no norte sul-mato-grossense, algumas lavouras ainda estão na fase de pendoamento, enquanto que outras entraram na etapa de maturação. Os técnicos do Siga apontam que nos municípios consultados os agricultores ainda não relataram a incidência de pragas e doenças.

No sudoeste, o estágio de desenvolvimento das plantações do cereal varia do R2, em que os grãos, ainda brancos começam a se desenvolver e a acumular amido, ao R6, de maturação. Em relação aos insetos que atacam o milho, foi registrada em Antonio João a incidência da lagarta do cartucho e de pervejo, que já tiveram os ataques controlados, e em Dourados da lagarta da espiga. O vento forte também provocou o tombamento (acamamento) das plantas de alguns talhões em Bela Vista e Dourados.

Por fim, no sudeste, as lavouras estão entre os estágios de formação do pendão ao de maturação fisiológica. Os produtores informaram que não foi registrada a incidência de pragas ou plantas daninhas, mas foram identificados focos de ferrugem em Amambai, Douradina, Fátima do Sul e Naviraí e de mancha branca em Douradina. Em outros dois municípios da região, em Aral Moreira e Laguna Carapã, o excesso de umidade preocupa os produtores, pois pode favorecer o desenvolvimento de doenças.

Previsão de safrinha recorde

Levantamento de maio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) aponta que Mato Grosso do Sul deve quebrar seu recorde histórico de produção de milho safrinha no ciclo 2014/2015.

De acordo com a empresa pública, os produtores do estado devem manter nesta temporada a mesma área cultivada da anterior, 1,547 milhão de hectares, mas a produtividade das lavouras deve ter um pequeno incremento de 0,4%, passando de 5.140 quilos por hectare (85,6 sacas por hectare) para 5.160 quilos por hectare (86 sacas por hectare).

Esse aumento de produtividade, se confirmado, deve impactar diretamente no aumento da produção do estado, que vai crescer no mesmo patamar, 0,4% na comparação dos ciclos 2013/2014, quando os produtores sul-mato-grossenses colheram 7,954 milhões de toneladas, e 2014/2015, quando a projeção indica que a safra deve chegar a 7,985 milhões de toneladas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Com apoio do governo federal, MS tenta controlar focos de calor no Pantanal
NOVA ANDRADINA
Condutor com mais de 180 kg de maconha tenta fugir mas é capturado pela PRF
ECONOMIA
Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%
REGIÃO
Carro com placas de São Paulo é flagrado com mais de 300 quilos de maconha em MS
COVID-19
Saúde atualiza números da pandemia do coronavírus e Brasil tem 363 novos óbitos
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 200 kg de maconha dividida em fardos em Bataguassu
POLÍTICA
Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decide que Cristiane Brasil continuará presa
ÁGUA CLARA
Após perseguição, traficante abandona acompanhante e carro com 64 kg de maconha
R$ 381 MIL
Idosa leva multa por incêndio em área de 95 hectares de vegetação nativa
BRASIL
Marco Aurélio, do STF, recebe alta após passar por cirurgia no joelho

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
DOURADOS
GM flagra aglomeração no centro e três são presos
POLÍCIA
Braço direito de "Marcelo Piloto" é preso no Paraguai