Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

MS tem 900 mil hectares ociosos que poderiam ser voltados ao biodiesel

27 janeiro 2010 - 13h11

Com uma logística privilegiada pelo posicionamento estratégico em relação aos grandes centros consumidores, Mato Grosso do Sul poderia aproveitar pelo menos 900 mil hectares que ficam ociosos após a colheita da soja para plantar variedades usadas na produção de biodiesel.

O assunto será abordado pelo engenheiro agrônomo e pesquisador da Fundação MS, Renato Roscoe, durante o Showtec, em Maracaju. A estação do Giro Tecnológico que tratará do assunto será na tarde do dia 2 de fevereiro.

Renato explica que hoje Mato Grosso do Sul produz apenas 1% do biodiesel do País, apesar do imenso potencial para produção de oleaginosas. “A grosso modo o Mato Grosso produz 25% do biodiesel do País e nossas condições logísticas para escoar aos grandes centros consumidores, no Sudeste, são bem melhores”, compara.

Roscoe ressalta que hoje a área usada para plantio da soja é de aproximadamente 1,7 milhão de hectares e que as culturas de inverno, incluindo milho safrinha, ocupam apenas 800 mil hectares o que significa que 900 mil hectares ficam ociosos boa parte do ano quando poderiam estar recebendo culturas alternativas, como o crambe, matéria-prima para a produção de biodiesel.

“É uma alternativa perfeitamente adaptada à região e a Fundação MS tem a primeira variedade registrada, a FMS Brilhante”, destaca Roscoe. Há 14 anos o crambe é pesquisado pela Fundação MS e se mostrou uma opção bastante vantajosa, com baixo custo para plantio e alta tolerância ao estresse hídrico (falta de água no solo).

Showtec 2010 – Ao longo do Showtec 2010 vários Giros Tecnológicos serão desenvolvidos, abordando de forma dinâmica assuntos relacionados aos principais aspectos do sistema produtivo.

O Showtec será realizado pela Fundação MS de 2 a 4 de fevereiro, em Maracaju. O evento tem promoção do Governo do Estado, Seprotur, Federação da Agricultura e Pecuária de MS - FAMASUL, e apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA, Organização das Cooperativas Brasileiras - OCB/MS, Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - CREA/MS, Sebrae, Sicredi, Banco do Brasil, Prefeitura de Maracaju e Aprosoja. Informações sobre o evento podem ser obtidas pelo site da Fundação (www.fundacaoms.com.br) ou pelo telefone (67) 3454-2631.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM
Dois são presos após realização de festa em residência durante pandemia
JUDICIÁRIO
STF marca julgamento sobre Weintraub de inquérito das fake news
PIQUIRI
Adolescente some em pescaria e bombeiros fazem buscas em Rio
DOURADOS
Pesquisa da UFGD pretende auxiliar em novos planejamentos de teletrabalho
ACIDENTE
Homem morre após cair do telhado de casa enquanto fazia reparos
APOSENTADORIA
INSS: último balanço mostra 1,8 milhão de benefícios represados
POLÍCIA
Foragido há dois anos acusado de matar idoso estrangulado é preso
CONVERSA COM BIAL
'O presidente esqueceu de combinar comigo', diz Aras sobre nota de Bolsonaro
JUSTIÇA
TJ/MS manda Delegado acusado de furtar droga de volta para a prisão
GERAL
Cartórios de notas realizam serviços por videoconferência em todo país

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados