Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

MS recebe segunda-feira Rede Nacional de Artes Visuais

21 agosto 2004 - 11h52

O Museu de Arte Contemporânea (Marco) recebe a Rede Nacional de Artes Visuais na semana que vem. O evento é organizado pela Funarte (Fundação Nacional e Arte) em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. O objetivo é rearticular os pólos nacionais de produção artística, realizando oficinas de criação, palestras e debates nos locais por onde o projeto passa. Campo Grande é uma das primeiras capitais escolhidas pela Funarte para sediar o programa que compreende a circulação de módulos itinerantes formados por profissionais ligados às artes plásticas. “Este projeto é de extrema importância para nossos artistas se reciclarem e ter acesso a novas informações”, ressalta Maysa Barros, gestora-administrativa do Marco. A Rede Nacional Funarte de Artes Visuais traz para o museu campo-grandense duas oficinas, um workshop e uma palestra que acontecerão entre os dias 23 e 28 de agosto. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no próprio Marco entre 12 e 18h. O Museu de Arte Contemporânea fica na rua Antônio Maria Coelho, 6.000, no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. A oficina "O Desenho na Gravura - Estratégias da Desconstrução" será ministrada por Rafael Maldonado, escolhido pela Funarte para ser o artista-professor local do projeto. As vagas são para 15 participantes. A oficina é dirigida a artistas e/ou pessoas com formação em artes e que queiram fazer uma investigação sobre sua produção através da análise e exercícios nos processos de desenho e gravura. Os participantes deverão levar ponta-seca, folhas de acetato e papéis para impressão. A oficina acontece de 23 a 28 de agosto, das 14 às 18h. Já a professora carioca e artista plástica Lia do Rio vai comandar a “Oficina de Arte” para 20 participantes. A oficina é exclusivamente para artistas e/ou pessoas com formação em artes, visando refletir sobre o processo de criação. A oficina acontece de 23 a 28 de agosto, das 14 às 18h. Lia do Rio é formada pela Escola Nacional de Belas Artes, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e já participou de mostras individual e coletivas no Brasil, EUA, Japão, Guatemala, Alemanha, Áustria e França. Seu trabalho consta no livro “Cronologia das artes visuais no Rio de Janeiro

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASÍLIA
Secretário Mario Frias é submetido a cateterismo de emergência
TRÊS LAGOAS
Homem que matou cantor a tiros em tabacaria é condenado a 46 anos
BRASIL
Câmara aprova projeto que pode restringir atuação da oposição
Homem contrai dívida de R$ 32 mil ao fazer portabilidade de empréstimo
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
BENEFÍCIO
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
POLÍCIA
Condutor de lancha envolvida em acidente com morte presta depoimento
EDUCAÇÃO
Metas do Inep para o ano não incluem aplicação do Enem 2021
IVINHEMA
Três dias depois de ser envenenada pela mãe, criança recebe alta
FERIADO
Comarca de Angélica não terá expediente amanhã e sexta-feira
SIDROLÂNDIA
Polícia apreende seis toneladas de maconha que iria para Minas Gerais

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados