Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905

MS já conta com comissão de comércio exterior

07 outubro 2003 - 07h31

O estado de Mato Grosso do Sul passou a contar, a partir da tarde de ontem, com mais um instrumento para fomentar o comércio internacional. Em solenidade realizada no auditório do Banco do Brasil, em Campo Grande, o vice-governador Egon Krakhecke e o secretário José Antônio Felício (Produção e Turismo) instalaram a Comissão de Comércio Exterior de MS (CCE).A comissão reúne o governo do Estado, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e as entidades empresariais ligadas aos segmentos de exportação e importação que operam em Mato Grosso do Sul. Esta soma de esforços nasce com alguns objetivos já bem definidos, como o de integrar as ações das entidades voltadas à promoção das exportações e sugerir políticas públicas relacionadas ao incremento das vendas dos produtos de MS no exterior.“Esta comissão ajuda a impulsionar especialmente a integração de Mato Grosso do Sul com os países da América do Sul e nasce com o sentido de fortalecer, com ações práticas, o nosso setor exportador”, afirmou o vice-governador, destacando a importância de sua formação em um momento em que o comércio internacional ganha força na agenda de desenvolvimento do Estado a partir das discussões da rota bioceânica.A questão da integração com os países da América do Sul também foi destacada por Felício: “A CCE vai ajudar a intensificar as relações de MS com os demais países do Mercosul e isso trará resultados positivos para o Estado”.Durante a solenidade, o superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul, Marcos Galles, afirmou que a instituição está conectada com a diretriz estratégica do governo federal de aumentar a captação de divisas para o país através da promoção das exportações. O BB é hoje o principal agente de financiamento das vendas externas brasileiras. “É impossível ignorar a intensificação do comércio exterior ocorrida com o fenômeno da globalização e a CCE ajuda a situar positivamente o MS neste cenário”, disse.Participaram do evento representantes do Sebrae/MS, da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), das universidades Estadual (Uems) e federal (UFMS) e de entidades ligadas ao setor exportador. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar volta a subir e fecha cotado a R$ 5,30, com temores sobre coronavírus
Dourados deve ter doses para imunizar 24,5 mil pessoas contra o coronavírus na primeira remessa
PANDEMIA
Dourados deve ter doses para imunizar 24,5 mil pessoas contra o coronavírus na primeira remessa
Com ajuda de farejador, polícia fecha boca e prende membros de facção
RIO BRILHANTE
Com ajuda de farejador, polícia fecha boca e prende membros de facção
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
Fabricante de oxigênio diz enfrentar crise sem precedentes no Amazonas
BRASIL
Fabricante de oxigênio diz enfrentar crise sem precedentes no Amazonas
BR-158
Carreta tomba e derrama 22 mil litros de óleo diesel em rodovia federal
FUTEBOL
Santos quer antecipar término de contrato com o atacante Robinho
ARTIGO
Ano Velho X Ano Novo
IBGE
Pesquisa aponta estabilidade nas vendas no varejo em Mato Grosso do Sul
AVIAÇÃO CIVIL
Gol retoma voos próprios em Dourados no início de fevereiro

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura corta mais de 400 cargos comissionados de uma só vez
CLIMA
Chuva alaga ruas no centro de Dourados após calor acima de 38°C
PEDRO JUAN
Policial é executado com tiros de fuzil na fronteira
BR-163
Homem morre após colidir carro de passeio contra caminhão