Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

MS: idoso preso por suspeita de estuprar menina de 12 anos

26 março 2008 - 10h32

Em Miranda, um guarda-noturno de 61 anos foi preso nesta manhã suspeito de estuprar uma menina de 12 anos. Ela será submetida à exame de corpo de delito às 17 horas. Somente após a confirmação do legista o delegado João Reis, responsável pela investigação, dará mais detalhes sobre o caso.
De acordo com uma fonte policial, o caso começou logo após o Carnaval quando a menina passou a fazer pequenos serviços domésticos para o idoso. De família muito pobre, a menina lavava louça na casa dele, onde ocorria o ato sexual. Na delegacia, o suspeito confessou o crime. Ele disse que pagava R$ 10,00 para a menina.
A menina era ameaçada e tinha medo. A denúncia partiu do Conselho Tutelar de Miranda que após receber informação anônima acionou a Polícia Civil que efetuou nesta manhã a prisão em flagrante do guarda-noturno.
Enquanto o caso está sendo investigado, a menina fica numa casa abrigo da cidade e de lá, deverá retornar para a família. Ela não sabe quem é o pai dela e mora somente com a mãe que demonstrou à polícia ignorar o fato de que a filha estava sendo vítima de estupro.
Lei
A lei prevê punição severa nos casos de abuso, a violência e a exploração sexual da criança e do adolescente, segundo a Constituição Federal no artigo 227 
" Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de nigligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais", diz o Estatuto da Criança e do Adolescente.
O artigo 213 do Código Penal prevê pena de 6 a 10 anos para os casos de estupro. Não há agravante pelo fato da vítima ser ou não criança ou adolescente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Dois Ceims suspendem atividades por falta de energia em Dourados
CORUMBÁ
Polícia intervém em briga generalizada que envolvia até menor
Quase 80 mil vivem em áreas indígenas ou quilombolas no Estado
IBGE
Quase 80 mil vivem em áreas indígenas ou quilombolas no Estado
Polícia cumpre 80 mandados contra o tráfico na capital
OPERAÇÃO OURO BRANCO
Polícia cumpre 80 mandados contra o tráfico na capital
Menos de uma hora após furto de moto, dois são presos pelo crime
NOVA ANDRADINA
Menos de uma hora após furto de moto, dois são presos pelo crime
PLANO
Gabinete de Crise se reúne para elaborar ações após temporal que atingiu Dourados
PANDEMIA
MS registra mortes de mulher e idoso, além de outros 253 casos de Covid
PÓS-TEMPORAL
Procon notifica Energisa sobre falta de energia em Dourados
FLOCK E LIV
De Dourados, 'perfil pet' faz sucesso e atrai milhares de seguidores em rede social
BLITZ
Moto com mais de R$ 100 mil em débitos é apreendida em Campo Grande

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Bombeiros encontram mais três corpos e número de mortos em naufrágio chega a seis
ROMA I
Acusados de estupro, mãe de menor e jovem responderão processo em liberdade
DOURADOS
PMA prende e autua dois pescadores em R$ 2,6 mil
DOURADOS 
Cidade não tem desabrigados, mas tempestade afetou dezenas de casas na periferia