Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

MS é o primeiro a integrar Sistema Nacional de Trânsito

19 setembro 2003 - 12h29

O diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), Gilberto Tadeu Vicente, afirmou durante assinatura do decreto que institui Sistema Estadual de Trânsito que Mato Grosso do Sul é o primeiro estado do país a formalizar a integração dos órgãos ligados ao trânsito ao Sistema Nacional de Trânsito.Segundo Gilberto Tadeu, o Detran/MS pretende agora facilitar e incentivar a integração dos municípios ao Sistema Nacional de Trânsito. "Hoje apenas 16 dos 77 municípios do Estado são municipalizados no que se refere aos órgãos ligados ao trânsito", afirmou.O diretor-presidente do Detran/MS também lembrou dos bons resultados de programas desenvolvidos pelo órgão estadual como o projeto Detranzinho que conscientiza crianças sobre as normas do trânsito. "Um estudo da Unesco divulgado em maio mostra que o Estado está abaixo da média nacional quanto à número de acidentes no trânsito, e que apenas 6,7% das crianças de Mato Grosso do Sul associam trânsito à violência, contra 14% em São Paulo e 62% no Espírito Santo", observou.Na avaliação do secretário de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, a produtividade e o rendimento demonstrados elevam a qualidade dos serviços oferecidos pelo Detran/MS. "A informatização do Detran/MS foi um dos principais passos para a modernização do órgão estadual, que deve continuar evoluindo sempre", disse.O decreto assinado hoje no auditório do Detran/MS com a presença do governador Zeca do PT vai normatizar o organograma e o funcionamento de todos os órgãos e entidades diretamente ligados ao trânsito de Mato Grosso do Sul e será coordenado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública.Compõem ainda o Sistema Estadual de Trânsito - que vai fazer a interligação com o Sistema Nacional - o Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), a Agência de Gestão e Integração de Transportes (Agitramis), as Juntas Administrativas de Recursos de Infração (Jari), a Polícia Militar, as entidades e órgãos credenciados, e os órgãos e entidades executivas de trânsito e rodoviárias dos municípios. Para se integrarem, os municípios terão de ter o trânsito municipalizado, de acordo com o artigo 24 do Código de Trânsito Brasileiro.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura de Rio Brilhante dinamiza serviços do laboratório central
REGIÃO
Prefeitura de Rio Brilhante dinamiza serviços do laboratório central
Polícia flagra esquema de furto de combustível na BR-262
ANASTÁCIO
Polícia flagra esquema de furto de combustível na BR-262
Metas para 2021
ARTIGO
Metas para 2021
MS confirma mais de 30 óbitos por coronavírus e ultrapassa 155 mil casos
PANDEMIA
MS confirma mais de 30 óbitos por coronavírus e ultrapassa 155 mil casos
TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020
BRASIL
TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020
PANDEMIA
Governo prorroga toque de recolher em Mato Grosso do Sul
FUTSAL
Com elenco completo, clube douradense se prepara para Liga Nacional
RIO BRILHANTE
Após comprar droga em Dourados, jovens são presos e autuados por tráfico
BRASIL
Governo cria Cadastro Nacional das Organizações Religiosas
RIO BRILHANTE
Jovem é flagrado carregando drogas em ônibus por R$ 3 mil

Mais Lidas

DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado
DOURADOS
Alvo da PF, empresário foi preso com armas e fortuna ao sofrer atentado em 2019