sábado, 13 de abril de 2024
Dourados
24ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

MS é o primeiro a integrar Sistema Nacional de Trânsito

19 setembro 2003 - 12h29

O diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), Gilberto Tadeu Vicente, afirmou durante assinatura do decreto que institui Sistema Estadual de Trânsito que Mato Grosso do Sul é o primeiro estado do país a formalizar a integração dos órgãos ligados ao trânsito ao Sistema Nacional de Trânsito.Segundo Gilberto Tadeu, o Detran/MS pretende agora facilitar e incentivar a integração dos municípios ao Sistema Nacional de Trânsito. "Hoje apenas 16 dos 77 municípios do Estado são municipalizados no que se refere aos órgãos ligados ao trânsito", afirmou.O diretor-presidente do Detran/MS também lembrou dos bons resultados de programas desenvolvidos pelo órgão estadual como o projeto Detranzinho que conscientiza crianças sobre as normas do trânsito. "Um estudo da Unesco divulgado em maio mostra que o Estado está abaixo da média nacional quanto à número de acidentes no trânsito, e que apenas 6,7% das crianças de Mato Grosso do Sul associam trânsito à violência, contra 14% em São Paulo e 62% no Espírito Santo", observou.Na avaliação do secretário de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, a produtividade e o rendimento demonstrados elevam a qualidade dos serviços oferecidos pelo Detran/MS. "A informatização do Detran/MS foi um dos principais passos para a modernização do órgão estadual, que deve continuar evoluindo sempre", disse.O decreto assinado hoje no auditório do Detran/MS com a presença do governador Zeca do PT vai normatizar o organograma e o funcionamento de todos os órgãos e entidades diretamente ligados ao trânsito de Mato Grosso do Sul e será coordenado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública.Compõem ainda o Sistema Estadual de Trânsito - que vai fazer a interligação com o Sistema Nacional - o Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), a Agência de Gestão e Integração de Transportes (Agitramis), as Juntas Administrativas de Recursos de Infração (Jari), a Polícia Militar, as entidades e órgãos credenciados, e os órgãos e entidades executivas de trânsito e rodoviárias dos municípios. Para se integrarem, os municípios terão de ter o trânsito municipalizado, de acordo com o artigo 24 do Código de Trânsito Brasileiro.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE 

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

ECONOMIA

Anfavea quer volta do Salão do Automóvel

DIZ ESPECIALISTA

Brasil precisa criar política de cuidados para reduzir sobrecarga das mulheres

JUSTIÇA

CNJ suspende norma que proíbe uso de cropped no STJ

Semana Acadêmica discute sobre as responsabilidades do engenheiro civil
UNIGRAN

Semana Acadêmica discute sobre as responsabilidades do engenheiro civil

POLÍCIA

Dono do Botafogo entrega documentos sobre manipulação de resultados

EMISSORA PÚBLICA

TV Brasil vai transmitir Brasileirão Feminino a partir de 20 de abril

ESPORTES

Escola de Brasília denuncia racismo e preconceito durante jogo

ECONOMIA

Governo de MS assina parceria para impulsionar a citricultura

UNIVERSIDADE ESTADUAL

Curso de "Primeiros socorros no ambiente escolar" tem inscrições abertas

Mais Lidas

JARDIM EUROPA

'Leandrinho do PCC' morre em confronto com policiais do SIG em Dourados

TRAGÉDIA

Identificadas vítimas de acidente que matou seis na BR-163 em MS

DOURADOS

Morre empresário e desportista Valdir Machado

TRÁFICO DE DROGAS

Motorista é preso em Dourados transportando mais de 400 kg de maconha em carreta de bebidas